domingo , 18 novembro 2018
Home / Destaque / Qual será o lugar de Fumagalli na história do Guarani?

Qual será o lugar de Fumagalli na história do Guarani?

Aos 38 anos, Fumagalli faz história no Guarani. Excetuando-se a equipe de 2012, quando ajudou na busca do título do Campeonato Paulista, o atleta com passagens por Vasco e Sport nunca teve companheiros à altura. É ídolo da torcida, mas fica a sensação de que poderia fazer mais caso os fatos fossem favoraveis. Fica a pergunta: qual será o seu lugar na trajetória do clube?

Já escrevi outros artigos a respeito do tema. A cada momento surge uma ideia e conceito diferente. Todos ficam entrelaçados. Consegui viabilizar uma núcleo básico, que independe daquilo que o camisa 10 bugrino fará neste ano de 2016. Fumagalli ficará conhecido como o craque que não deixou a chama apagar.

Convenhamos a dificuldade de viabilizar um sentimento de amor entre torcedor e o gramado quando nada dá certo. Fumagalli, com seus 70 gols, a entrada no Top 10 da artilharia bugrina e sua postura perante os companheiros exibe a viabilidade de montar instantes inesquecíveis na escassez.

Fumagalli não é exclusivo de tal enredo. O futebol exibe facetas semelhantes em outros clubes. No São Paulo, a seca de títulos de 1957 a 1970 só não foi mais sofrido devido ao zagueiro Roberto Dias, que com sua classe e categoria rendeu até Pelé, que admitiu ter sido seu melhor marcador na carreira.

No Palmeiras, a seca vivida de 1976 e 1983 teve no armador Jorginho como seu herói da resistência. Em médio prazo até são esquecidos por torcedores e historiadores, mas no presente foram vitais na manutenção da identidade e na afirmação do clube.

Pouco importa saber se Fumagalli alcançará o centésimo gol ou venha construir campanhas de acesso. Lógico, todos irão comemorar, mas jamais podem perder de foco o básico: a presença do camisa 10 bugrino é vital para o torcedor acreditar em dias melhores. Não é pouco.

(análise feita por Elias Aredes Junior)

Veja Também

Contas e possibilidades para a Ponte Preta na rodada do acesso na Série B

A rodada derradeira da Série B do Campeonato Brasileiro pode ser o céu ou o ...

1 Comentário

  1. O destino de Fumagalli é dar um título ao Guarani. Será o Paulistão 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *