Quem torce por Guarani e Ponte Preta paga um preço justo pela camisa oficial do seu clube? O Só Dérbi responde para você?

0
356 views

Em tempos de recessão, crise econômica e ausência de bilheterias, os clubes brasileiros apostam  suas fichas em alternativas financeiras. Uma opção que está na linha de frente é o conceito de loja oficial e os respectivos produtos. Como estão as camisas oficiais do futebol campineiro em relação aos concorrentes da Série B?

Pesquisa feita pelo Só Dérbi constatou que o uniforme do Guarani, atualmente em R$ 220 é o quinto mais caro e só perde para Paraná, Cruzeiro, Chapecoense e Avaí. Os valores foram obtidos nos sites oficiais das agremiações e em lojas virtuais especializadas em venda de materiais esportivos. A Ponte Preta não fica muito atrás. A marca 1900, comercializa um valor  (R$ 210) que chega a ser superior de clubes  consagrados como Figueirense e Botafogo (SP).

A Macaca está na dianteira em relação a adoção do conceito de marca própria, o que na visão de especialistas da Pluri Consultoria colabora na definição de um preço final mais próximo ao gosto do consumidor. Tal tendência foi detectada pela empresa em estudo feito com o valor das camisas oficiais dos clubes da Série A. “Os preços das camisas de clube que optaram pelo fornecimento próprio são 15% menores do que o restante dos preços das camisas dos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro de 2020”, afirma um trecho do estudo da Pluri Consultoria.

Na Série B, são nove as seguintes equipes que utilizam marca própria. Além da Macaca, as equipes que adotam tal expediente são a 1921 com o Figueirense, a 19Treze no Juventude, a Azulão no CSA, a NSeis, por sua vez, está no Náutico, enquanto que a Regatas está no CRB, a Sparta no América-MG, a Valente no Paraná Clube e a Xavante responsável pelos uniformes do Brasil de Pelotas.

O Guarani, por sua vez, deverá anunciar nos próximos dias uma fornecedora de material esportivo para substituir a Topper. A favorita é a Kappa. (texto e reportagem: Elias Aredes Junior)

 Equipe                                 Valor                                                 Fornecedor

  • Avaí-                                 R$ 269,90                                          Umbro
  • Chapecoense –                   R$ 249,99                                          Umbro
  • Cruzeiro-                           R$ 249,99                                          Adidas
  • Paraná:                             R$ 229,00                                          Valente
  • Guarani:                            R$ 220,00                                          Topper (vai mudar)
  • América Mineiro:                R$ 219,90                                          Sparta
  • Vitória (BA):                      R$ 218,00                                          Kappa
  • Ponte Preta                        R$ 210,00                                          CSA
  • CSA :                                R$ 209,00                                          Azulão
  • Náutico:                            R$ 199,90                                          Nseis
  • CRB:                                 R$ 189,90                                         Regatas
  • Sampaio Côrrea:                R$ 189,90                                         Numer
  • Juventude –                       R$ 179,90                                        19Treze
  • Brasil de Pelotas:               R$ 179,90                                        Xavante
  • Botafogo (SP):                   R$ 179,00                                       Kappa
  • Cuiabá:                             R$ 174,90                                       Umbro
  • Operário:                           R$ 169,90                                       Karilu
  • Confiança:                         R$ 159,90                                    WA Sports
  • Figueirense:                       R$ 159,90                                        1921
  • Oeste:                              R$ 139,90                                        Deka