segunda-feira , 15 outubro 2018
Home / Destaque / Tabu de 22 meses blinda Ponte Preta de eliminação surpreendente na Copa do Brasil

Tabu de 22 meses blinda Ponte Preta de eliminação surpreendente na Copa do Brasil

A Ponte Preta, com força máxima na escalação, decide sua vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, quando visita o Náutico, na Arena Pernambuco, às 21h45. A Alvinegra desembarcou em Recife com vantagem importante, após 3 a 0 no Moisés Lucarelli, e espera retornar a Campinas com a classificação assegurada, além de R$ 2,4 milhões na conta bancária como bonificação.

Para avançar sem a necessidade dos pênaltis, o Timbu precisa vencer por quatro gols de diferença – nesta edição, o gol como visitante não é critério de desempate – e, de quebra, coloca por água abaixo um jejum de 22 meses da Macaca.

Isso porque a última vez em que a Ponte foi goleada desta forma foi em 22 de junho de 2016, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro, em derrota por 4 a 0 para o Cruzeiro, no Majestoso. Na ocasião, o time comandado por Eduardo Baptista foi presa fácil para a Raposa, que venceu com gols de Henrique, Arrascaeta (2) e Alisson.

O duelo desta semana será o de número 21 entre campineiros e pernambucanos. Ao todo, são sete vitórias paulistas, seis triunfos recifenses e sete igualdades. O último tropeço foi em outubro de 2013, em casa, por 2 a 1, pela elite do futebol nacional.

Caso nenhum imprevisto aconteça, o técnico Doriva deve repetir a mesma escalação do revés para o Paysandu, na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro: Ivan; Tony, Renan Fonseca, Reynaldo e Marciel; Nathan, Paulinho e Lucas Mineiro; Felipe Saraiva, Orinho e Júnior Santos.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa/foto: Ponte Press)

Veja Também

A areia movediça da mediocridade vai matar o futebol campineiro

“Saía do futebol e faça outra coisa no jornalismo. O povo gosta é de comentário ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *