Um papo com Pintado, técnico do Juventude. Que tentará ficar no G4 e parar o Guarani neste domingo

0
259 views

Com passagens por Ponte Preta e Guarani, Pintado só tem motivos para comemorar nos seus últimos trabalhos. No ano passado, salvou o Figueirense de um rebaixamento quase certo e na atual temporada conseguiu formar um elenco competitivo para o Juventude, apesar das restrições determinadas pela pandemia do novo coronavirus.

Nesta entrevista concedida ao portal Só Dérbi e reproduzida na Rádio Brasil neste sábado, Pintado reflete sobre os novos desafios dos treinadores, especialmente no trabalho da questão emocional com os atletas.

Ele comemora e analisa a boa fase do armador Renato Cajá e o poder de finalização de Breno Lopes.

No entanto, adota respeito ao falar do Guarani, que vive nova fase na Série B e que será o adversário desde domingo a partir das 18h15 no estádio Alfredo Jaconi.

Confira a íntegra da entrevista: