segunda-feira , 18 junho 2018
Home / Destaque / Umberto Louzer e a demonstração de sabedoria para administrar os momentos delicados

Umberto Louzer e a demonstração de sabedoria para administrar os momentos delicados

A estreia do Guarani na Série B do Brasileiro não foi aquilo que todos desejavam. Longe disso. A batida de falta perfeita de Gustagol no último minuto foi um balde de água fria.

Planos desmanchados. Tal cenário não é imutável. O Guarani tem trunfos para vencer o Sampaio Côrrea, conseguir a reabilitação e seguir em frente. E um deles é Umberto Louzer, que a cada dia demonstra uma capacidade ímpar para administrar um grupo de jogadores com interesses heterogêneos.

Veja a entrevista coletiva na Arena Castelão. Ficou nítida a falta, a debilidade ofensiva gerada pelas ausências de Bruno Nazário e Bruno Mendes. Poderia cair na armadilha do lamento. Nada disso. Preferiu enfatizar o aspecto coletivo. “Eu disse a eles que não era desfalque, claro que vínhamos com um padrão fazendo jogos seguidos, a sustentação e o entrosamento são melhores, mas eu disse a eles que não via como desfalque, via como oportunidade e os atletas que tiveram oportunidade para hoje buscaram seu espaço”, completou.

Tacada de mestre. Por encontrar-se cercado pela indefinição de formação do elenco, o treinador bugrino tinha que encontrar uma maneira de viabilizar um discurso que sustentasse a união. Conseguiu. O público pode considerar Nazário e Mendes imprescindíveis, mas internamente todos se sentem valorizados, o que culminou com uma escalação que privilegiou aqueles que roeram o osso da Série A-2 ao invés de promover a estreia de reforços como zagueiro Edson Silva.

Se Oswaldo Alvarez é um dos gurus de Umberto Louzer, digo sem medo de errar: na administração de grupo e motivacional, o aluno tirou 10 com louvor.

(análise feita por Elias Aredes Junior)

Veja Também

Disciplina da Série A2 segue, e Guarani tem o menor número de advertências na Série B

O elenco do Guarani dá mostras de que consegue entender o estilo de Umberto Louzer. ...

9 Comentários

  1. Não concordo !

    Escalou muito mal e culpou a arbitragem pelo fracasso !!!

    O jogador Dener não tem poder de marcação para atuar como primeiro volante !!!

    O jogador Kevin a bola queima nos seus pés !!! Não marca bem , tampouco ataca !!!

    Ozagueior Anderson demonstrou extrema insegurança !!!!

    O atacante Caíque não marcava, não atacava e sequer segurava a bola para desafogar a defesa !!!

    O Pedro idem ao Caíque !!!!!

    O Marcílio para variar tomou um baile na lateral esquerda !!!

    O Dener não tem poder de marcação, bem como o Rondinely também não !!!!

    O Guarani ficou com um buraco no meio campo !!!!

    O técnico assistiu tudo e não mudou nada !!!!

    Para finalizar: temos que contratar muito !!!!!!

    Se continuarmos escalando jogadores de qualidade técnica bem duvidosa, caíremos para a série C !!!!

    Tem que jogar os melhores, contratar bons jogadores e emprestar/encerrar os contratos daqueles que não produzem com qualidade técnica da série B !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Jogadores que foram bem : Lenon, Phelipe Maia, Ricardinho, Bruno Brigido e Rondineli armando !!!!!!!

    Só !

  3. O Umberto tem ido bem, mas vamos com calma. Pés no chão. Se não vencer a próxima partida e se perder o derby, todos os elogios vão acabar virando duras críticas. Espero que o Umberto continue com humildade e não perca o DNA ofensivo. Não gostei da retranca exagerada contra o Fortaleza. Enquanto eu assistia o jogo, estava convicto de que tomaríamos um gol.

  4. Chico Fundamentalista

    Ué? Cadê o Liverpool Caipira?? A Máquina de fazer gols?? Série B do Brasileirão não é igual chutar cachorro morto na série A 2 pó Paulista não… Acho que já perceberam isso né?? Cinco anos de série A 2 do Paulista fizerem vcs se esquecerem como é enfrentar os times médios…

  5. Primeiro jogo 5 desfalques, tem que ter calma .
    Peruada vcs vão cair no primeiro turno

  6. Tb acho que a peruada vai cair.

Deixe uma resposta para Chico Fundamentalista Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *