Explicações sinceras interessam ao torcedor do Guarani. Fantasias não resolvem!

0
829 views

Cada dirigente tem seu estilo. Independente do tamanho do clube. O São Paulo sofreu um duro golpe na noite de domingo ao ser eliminado nos pênaltis para o Novorizontino diante de um Morumbi lotado com mais de 55 mil pessoas. Thiago Carpini foi cobrado de modo ostensivo. Em condições normais, o presidente do clube ficaria escondido.

Deixaria a conta nas costas da Comissão Técnica. Júlio Casares segue caminho diferente. Publicou um pronunciamento em sua conta no Instagram. ““Primeiro, quero agradecer o apoio da torcida, que empurrou o time durante todo o tempo. Também gostaria de destacar o empenho dos jogadores, comissão técnica, corpo diretivo e todos os funcionários. A frustração e a dor de um resultado diferente do que gostaríamos são difíceis para todos nós. Agora, é momento de focar no trabalho para a sequência do ano. Mesmo sendo só o início de 2024, já tivemos bons momentos nesta temporada, como a conquista da Supercopa, e precisamos ter a cabeça no lugar. Vamos lutar e seguirmos juntos, juntos pelo São Paulo!”. Esta é a declaração do presidente do São Paulo. O torcedor são paulino vai chiar, reclamar e protestar. Mas colocou a cara para bater.

Pegue o caso do Guarani. Protagonizou uma campanha vexatória na Série A-1. Somou 10 pontos. Escapou do rebaixamento por um triz. Exibiu um péssimo futebol, seja com Umberto Louzer ou com Claudinei Oliveira.

Espera-se capacidade analítica da direção. Eis que André Marconatto concede uma entrevista ao jornal Esportes Já e diz que a campanha não foi boa pelo excesso de lesões. Só essa justificativa revela-se um tiro n´água. Afinal, se os reservas não conseguiram sustentar a produtividade é porque o elenco teve montagem ruim. E quem foram os responsáveis? A torcida é que não foi. 

O que angustia o torcedor bugrina não é apenas o rendimento pífio no gramado. São as explicações desconectadas da realidade. Isso dilacera.

(Elias Aredes Junior com foto de Raphael Silvestre- Guarani F.C)