Giovanni Augusto chega para ser o protagonista no Guarani. Mas é preciso buscar um novo coadjuvante de luxo. Leia e entenda

0
504 views

Giovanni Augusto é reforço do Guarani para 2022. Contrato assinado. Certamente vestirá a camisa 10 no próximo Campeonato Paulista e na Série B. Aquisição vista por bons olhos por parte da torcida bugrina. A única dúvida é saber se o reforço receberá um tempo de adaptação ou terá que mostrar serviço refinado logo de cara.

Explico.

No ano passado, considero que poucas pessoas têm duvidas de que Régis foi a principal figura do Guarani. Antes do camisa 78 fazer a diferença, ele passou por um período de altos e baixos. Precisou de tempo para encontrar o seu melhor rendimento. Foi anunciado no dia 09 de março de 2021. Em pleno campeonato paulista. Não foi esplendoroso de largada.

Recebeu críticas? Sim. Mas teve tempo. Por que? Pela presença de Andrigo, na ocasião peça fundamental. Depois perdeu espaço para Régis na Série B.

Se conseguir encontrar um outro armador para dividir a responsabilidade com Giovanni Augusto, o técnico Daniel Paulista ganhará o fôlego necessário não somente para formatar o seu esquema tático em torno de Giovanni Augusto, como pode arquitetar um Plano B em caso de ausência do novo protagonista bugrino. O trabalho só está no começo.

(Elias Aredes Junior-foto divulgação)