sexta-feira , 22 junho 2018
Home / Artigos/Opinião / Análise: o ex-artilheiro do Campeonato Boliviano não pode ajudar no fraco ataque pontepretano?

Análise: o ex-artilheiro do Campeonato Boliviano não pode ajudar no fraco ataque pontepretano?

Sim, a solução assusta, mas é preciso refletir.

A Ponte Preta tem o pior ataque dos últimos tempos – em comparação aos números -, e bateu um recorde negativo na era dos pontos corridos. A Macaca nunca havia marcado menos do que 10 gols na primeira fase do Campeonato Paulista, mas balançou as redes apenas seis vezes nesta competição.

De acordo com números do Footstas, a equipe de Eduardo Baptista precisa de 16 chutes para conseguir o gol. Números preocupantes que simbolizam a fragilidade de um elenco que depende do imaturo Yuri.

A grande esperança do torcedor se tornou Felippe Cardoso. O atacante, que está no seu primeiro ano como profissional, tem grande potencial para o futuro, mas já carrega uma responsabilidade maior que sua carreira.

Será que não há nenhuma alternativa no elenco?

Falo de Luis Ali.

Reconheço que não é um primor técnico e tem a questão física, mas o jogador foi contratado como artilheiro do Campeonato Boliviano e com características que agradavam Gustavo Bueno – o dirigente, inclusive, comparou Ali com Pottker.

Na última edição do Boliviano, Ali marcou 14 gols em 42 jogos e foi convocado para a Seleção do seu país.

Sem Felipe Saraiva e Cardoso, com Silvinho e Gabriel Vasconcelos em baixa e jovens ainda sem confiança, está na hora de colocar Alí na arena. A Ponte precisa sair da zona de conforto para tentar mudar o panorama e evitar um novo rebaixamento catastrófico.

A Ponte Preta tem o pior ataque desde 2002. Não dá pra piorar. Eduardo Baptista precisa entender que as convicções derrubam o homem. E eu havia pensado que ele tinha entendido isso após o rebaixamento no Brasileirão.

(análise de Júlio Nascimento/foto: PontePress)

Veja Também

Sina de expulsões segue, e Ponte é a segunda equipe mais indisciplinada na Série B

Equipe mais indisciplinada do Brasileirão no ano passado, a Ponte Preta, ao longo da campanha ...

3 Comentários

  1. Me respondam por favor? Cadê ele? se recuperando ainda?

  2. kkkkkkkkkkk Gustavo trouxe e Eduardoi nem toma conhecimento?
    Grandes novidades…o g~enio flexível só tem olhos para seus jogadores de estimação, como Leozinho Artur ( uma paixonite) e Jeferson….
    O cara que não queria Galhardo, nem Potker e nem Antonio Carlos ( depois levou ao Palmeiras!!?) vai querer Ali???
    A Ponte está lascada…

  3. Simples Elias …esse rapaz não é útilizado Porque não faz parte do grupinho de empresários que usam a Ponte Preta ,grupinho esse que o Sr Eduardo Baptista tbm faz parte…….apenas por isso, quem liga pra Ponte somos nós pontepretanos , a diretoria é só dinheiro nos bolsos !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *