Antes do jogo com a Chape, o recado: cada ponto é precioso na Série B!

0
225 views

O torcedor racional do Guarani concorda que uma vitória sobre a Chapecoense, neste sábado, a partir das 21h, seria  belo ganho de credibilidade ao já aclamado trabalho do técnico Felipe Conceição.

Seria a sexta vitória consecutiva no estádio Brinco de Ouro, a chegada aos 34 pontos e e a necessidade de outros 12 pontos para sacramentar a permanência.

Acredito que Felipe Conceição deveria planejar o Alviverde para todo tipo de cenário. Jogo propositivo, reativo, congestionamento do meio-campo ou aplicação de velocidade: vale qualquer expediente para furar um sistema defensivo que sofreu apenas sete gols.

Isso não quer dizer abrir mão da reflexão e entendimento do que um campeonato de pontos corridos. Se a conjuntura da partida, seja qual for, conduzir para um empate não deveriam ocorrer reclamações.

Hoje, a Chapecoense é o gigante da Série B. Tem sete pontos de vantagem sobre o segundo colocado, tem a campanha principal como visitante, com 69,44% de aproveitamento e um trabalho sólido de Umberto Lozer.

Você pode argumentar e dizer que o Guarani é o líder do returno com 10 pontos ganhos ao lado. É verdade. Só que é verdadeiro que a escalação bugrina registrará cinco ausências e que por enquanto (por enquanto!) a prioridade do time é permanecer. Qualquer ponto somado é vital.

Vou repetir: a vitória deve ser buscada e batalhada até o minuto derradeiro. No entanto, cada ponto é precioso é Série B. Isso não pode ser esquecido.

(Elias Aredes Junior- Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC.)