Com dívida de R$ 152 milhões junto a União, Guarani prepara ofensiva para livrar-se da dívida

0
551 views

Sempre que se avizinha a divulgação do balanço financeiro do Guarani.

De um lado, a oposição com reclamações em relação a falta de transparência na divulgação dos números e das decisões administrativas adotadas.

A situação e seus aliados afirmam de pés juntos que tudo que é possível fazer está ao alcance. E um dos ingredientes do enredo é o montante devido pelo Guarani junto a União e que encontra-se em R$ 152 milhões.

Ao se separar a dívida pelo aplicativo Divida Aberta verifica-se que R$ 9,189.196,49 refere-se ao FGTS, outros R$ 767 mil são de multas trabalhistas enquanto que a parte previdência é de R$ 38.830.752,17. Os demais impostos que não foram pagos totalizam mais de R$ 103 milhões.

Em contato com a reportagem do Só Dérbi, o Conselho de Administração, por intermédio da assessoria de imprensa, afirma que tomará providências para resolver a situação: “O Guarani enfrentará as dívidas tributárias num futuro não distante. O planejamento do clube é algo similar ao que fez o Cruzeiro recentemente, num parcelamento que propiciou descontos de praticamente 100% de juros e multas”, explicou.

O clube esclareceu ainda de que é necessário fazer uma decupagem desse total. “Nesses 152 milhões há valores ainda de processos em andamento e que são contestados pelo clube, outros valores que já foram pagos como FGTS em ações trabalhistas já liquidadas e recursos oriundos da Timemania que estão retidos e abatem circunstancialmente esses valores”, afirmou o clube que dá uma pista sobre o futuro. “Tão logo encerre o pagamento das ações trabalhistas, o clube iniciará esta negociação, oferecendo parte de suas receitas como proposta de pagamento”, completou. (Elias Aredes Junior)