segunda-feira , 21 Maio 2018
Home / Destaque / Com saída iminente da Adidas, Ponte Preta vive indefinições por nova fornecedora

Com saída iminente da Adidas, Ponte Preta vive indefinições por nova fornecedora

A provável saída da Adidas da Ponte Preta ao final da atual temporada tem agitado os bastidores no Moisés Lucarelli. Recentemente, o Só Dérbi publicou que a readaptação da empresa alemã no futebol brasileiro teve grande impacto nos investimentos e o fim do acordo parece cada vez mais próximo.

A ideia é que a próxima parceira seja escolhida nos próximos meses para que, durante a Série B, o tempo seja reservado para a formulação do contrato. A concorrência atualmente tem três marcas: Topper, Umbro e Penalty.

Neste cenário, seriam meses para que a nova fornecedora preparasse a linha de produtos para os pontepretanos e se organizasse para evitar problemas de distribuição.

A Topper foi a primeira a externar seu interesse. Nos últimos anos, a brasileira tem aumentado consideravelmente sua participação no mercado nacional e figura nas camisas de Botafogo, Atlético, Remo, Paraná, Goiás e do rival Guarani. A empresa, entretanto, não enxerga nenhuma restrição para assumir a Macaca.

A Adidas chegou ao time campineiro em janeiro de 2015 e, durante esses dois anos de parceria, a marca acumula algumas polêmicas. Logo de cara teve que reformular os primeiros uniformes lançados, pois a torcida rejeitou um template de inferior qualidade. O contrato foi renovado no ano passado após a classificação da Macaca para as finais do Paulistão.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento/foto: PontePress)

Veja Também

A escolha do Guarani: trabalho de longo prazo ou a inconsequência da troca de treinador?

O futebol tem memória curta. Tudo é esquecido em segundos. O empate no Serra Dourada ...

1 Comentário

  1. Pois que vá fazer camisas amarelas, vermelhas, azuis e com faixa ao contrário na casa do c*…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *