Decisão judicial determina penhora de valores do Guarani para favorecer Álvaro Negrão

1
1.556 views

Em decisão tomada pelo juiz Fábio Henrique de Toledo, no dia 19 de março, foi determinado que tanto a Confederação Brasileira de Futebol e a Federação Paulista de Futebol um bloqueio no valor de R$ 1,5 milhão para favorecer o ex-presidente Álvaro Negrão, que pede ressarcimento de valores que investiu quando exerceu o mandato no clube.

Pela decisão, se a quantia não for arrecadada nas competições previstas para este ano, a penhora fica determinada para a temporada seguinte.

Bom relembrar que de acordo com decisão do juiz trabalhista Rafael Martins, o orçamento mensal do Guarani encontra-se em R$ 800 mil mensais e não pode ser extrapolado. Para disputar o Paulistão e a Série B deste ano o Alviverde recebeu o valor de R$ 14 milhões.

A reportagem do Só Dérbi procurou o ex-presidente Álvaro Negrão para falar sobre o assunto, mas ele não respondeu até o fechamento deste texto. Assim que a resposta for enviada o texto foi atualizada.

(Elias Aredes Junior)

1 Comentário

Deixe Um Comentário