Dirigentes da Ponte Preta fazem cobrança dura aos jogadores na reapresentação

1
1.042 views

Para viabilizar uma virada na Série B do Campeonato Brasileiro, integrantes da diretoria executiva e do departamento de futebol da Ponte Preta realizaram uma reunião com os principais líderes do elenco no Centro de Treinamento do Jardim Eulina.

O tom foi de cobrança forte. Os dirigentes deixaram claro de que o time não pode continuar com a atitude atual no gramado e que uma reação precisa ser viabilizada no dia 25 de setembro contra o Paraná, na casa do adversário.

Os atletas, por sua vez (entre eles o centroavante) afirmaram que não há qualquer resistência ao trabalho ou a pessoa do técnico Gilson Kleina. A promessa é que tudo será colocado nos eixos.

Em relação ao trabalho de Gilson Kleina, os dirigentes ainda consideram que ainda não é o momento de se fazer qualquer tipo de cobrança, em virtude do pouco tempo de trabalho.

No returno, a Macaca é a 12ª coloca

(Elias Aredes Junior)

1 Comentário

  1. Antes de mais nada, o responsável por toda essa situação é o presidente Abdalla. É ele quem contrata dirigente, é ele quem assina contrato de jogador, é ele quem contrata comissão técnica. Mas é notório que a boleirada também tem sua parcela de culpa.

    Saindo dos gabinetes e chegando ao gramado, ao meu ver, o principal responsável pelo rebaixamento técnico atual da Ponte é o Gilson Kleina. Chegou pra solucionar problemas que no entender da diretoria Jorginho não estava dando conta. E suas primeiras ações Gilson conseguiu desarrumar aquilo que estava razoavelmente bom, que era o sistema defensivo e não solucionou o que está bagunçado, que é o meio de campo. Sem contar o problema que tem jogadores que estão se arrastando em campo no 2o tempo, só não sabemos se fazem isso por má vontade ou por falta de condicionamento físico.

    Se há problemas no condicionamento físico e/ou jogadores fazendo corpo mole e/ou jogadores sem qualidade técnica, Gilson tem que detectar e solucionar essa(s) situação(ões), afinal ele foi contratado e é muito bem pago pra fazer isso, se não tá dando conta de solucionar é aí é questão de quem o contratou cobrar.

    Quando o time capengou no início da Série B, o que fez Jorginho, sacou do time jogadores que ele achava que não estavam rendendo e colocou a molecada do sub-20 pra jogar como foi o caso do Abner. Resolveu a situação. Esperar que o chinelinho Cajá e volante Alex Mineiro resolvam todos os problemas do meio de campo da Ponte é sonhar demais….

    A pergunta que faço é pra quê fizeram o investimento no time sub-23?

Deixe Um Comentário