Guarani: apesar dos desfalques, a produção pode ser melhor contra o Avaí

0
240 views

Não dá para apostar em um Guarani ofensivo e destemido para a partida deste sábado, contra o Avaí, às 18h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. A Covid ainda atormenta o departamento de futebol do Guarani. Tanto que Marcelo Barbosa teve diagnóstico de positivo e sequer viajou.

O provável time deverá ser de: Gabriel Mesquita, Cristóvam, Wálber, Didi (Romércio) e Eliel; Marcelo, Rickson, Murilo Rangel; Pablo, Júnior Todinho (Renanzinho) e Waguininho.

O que se pode esperar? Mudanças devemos esperar no trabalho de meio-campo. Com Rickson, apesar de sua previsibilidade no futebol, a sua força física e a transição que executa para o campo ofensivo pode servir para se contrapor ao Avaí, que nesta temporada apresentou um futebol irregular. Murilo Rangel, por sua vez, ganha liberdade para puxar os contra-ataques e chegar nas proximidades da área.

Se esta formação prevalecer , a expectativa é que Waguininho fique mais centralizado enquanto que Junior Todinho trabalhe pelos lados do campo. E com Pablo retorna a versatilidade ofensiva e o reforço no setor ofensivo.

Pode colher um resultado negativo? Até pode. Mas a produtividade tem tudo para ser melhor.

(Elias Aredes Junior)