segunda-feira , 15 outubro 2018
Home / Destaque / Lisca não chega a acordo para renovação e está fora do Guarani

Lisca não chega a acordo para renovação e está fora do Guarani

Lisca não comandará mais o Guarani. O técnico não entrou em acordo com o clube para renovação e está em busca de um novo time para 2018. A decisão final foi tomada pelo Conselho de Administração após o treinador se reunir com dirigentes do Criciúma, ontem, em Santa Catarina.

Lisca e Guarani realizaram diversas negociações ao longo dos últimos dias. A pedida salarial do técnico jamais foi vista com bons olhos pelos dirigentes do clube, que prolongaram a resolução do caso na expectativa de que o treinador aceitasse ganho menor.

O gaúcho de 45 anos fez a primeira tentativa de renovação com intenção de salário com reajuste de 40%. Ao longo do tempo, a pedida chegou a ser diminuída, o que não foi suficiente para animar a diretoria do Guarani. O presidente Palmeron Mendes Filho realizou uma contraproposta, mas o treinador optou por se reunir com outros clubes e irritou a direção bugrina.

A condição de participar ativamente na montagem do elenco para a Série A2 também foi levada pelo presidente Palmeron ao Conselho de Administração durante reunião no Brinco de Ouro e o parecer não foi positivo. Após isso, Lisca desanimou e indicou a não renovação.

O Só Dérbi ouviu pessoas ligadas ao clube, mas nenhum dirigente confirmou a saída de Lisca. O clube quer esperar até amanhã – encerramento do prazo para a resposta do treinador -, para divulgar oficialmente a saída do treinador.

Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi, o Lisca, já trabalhou em três clubes só neste ano. Como treinador, também passou por Joinville, Ceará, Paraná, Internacional, Náutico, Sampaio Corrêa e Internacional. No Guarani, foram dez jogos com duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas – aproveitamento de 33%. Conseguiu livrar o time do rebaixamento para a Série C na penúltima rodada do Brasileirão.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento/foto: GuaraniPress)

Veja Também

A areia movediça da mediocridade vai matar o futebol campineiro

“Saía do futebol e faça outra coisa no jornalismo. O povo gosta é de comentário ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *