segunda-feira , 21 Maio 2018
Home / Destaque / Regulamento prevê mudança do placar na partida entre Ponte Preta e Vitória; CBF estuda o caso

Regulamento prevê mudança do placar na partida entre Ponte Preta e Vitória; CBF estuda o caso

De um jeito ou de outro, a Ponte Preta está rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2018, mas o revés pode ser elástico. A confusão da partida contra o Vitória – quando torcedores invadiram o gramado aos 38 minutos do segundo tempo -, pode alterar a tabela do Campeonato Brasileiro. De acordo com o Regulamento Geral da CBF, um jogo encerrado antecipadamente por falta de segurança tem como consequência ao time mandante derrota por 3 a 0.

Dessa forma, o Vitória, que venceu por 3 a 2, ampliaria sua vantagem sobre o Coritiba no saldo de gols e pode receber benefício em uma eventual disputa no critério para escapar do rebaixamento. Já a Ponte Preta continua na mesma situação, mas os gols de Lucca e Danilo Barcelos seriam anulados.

A partida da Macaca no último domingo foi encerrada aos 38 minutos da etapa final, por falta de segurança, depois que torcedores invadiram o gramado do Majestoso. Naquele momento, o placar apontava 3 a 2 para os visitantes, resultado que confirmava o descenso da equipe. O resultado deve ser alterado com base nos artigos 19 e 20 do Regulamento Geral da Série A.

artigo-19-do-regulamento-geral-de-competicoes-da-cbf-1511877108866_615x300 artigo-20-do-regulamento-geral-de-competicoes-da-cbf-1511877154328_615x300

A CBF já estuda o caso e a alteração deve ocorrer antes da partida entre Ponte Preta e Vasco, domingo, no encerramento da competição. A súmula já foi encaminhada para o STJD, que vai protocolar o pedido da entidade máxima para cumprir o regulamento. Depois disso, a própria CBF informará a alteração no placar.

Com o novo resultado, o saldo do Vitória passaria de -7 para -5 (contra -8 do Coritiba). Já a Ponte Preta iria de -14 para -16, um saldo ainda mais negativo.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento/foto: Fernando Dantas – GazetaPress)

Veja Também

A escolha do Guarani: trabalho de longo prazo ou a inconsequência da troca de treinador?

O futebol tem memória curta. Tudo é esquecido em segundos. O empate no Serra Dourada ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *