Lisca quer Lucas Crispim e Walber. E o Guarani começa a pagar o preço do sucesso

0
2.057 views

Em entrevista concedida a Rádio Itatiaia de Belo Horizonte na quarta-feira à tarde, o técnico Lisca, comandante do América na Série B, admitiu que o zagueiro Walber e o armador Lucas Crispim encontram-se em uma pré-lista de reforços do time mineiro para a temporada seguinte, que terá Copa do Brasil do Brasil, torneio regional e Série A do Campeonato Brasileiro.

Dois cenários são expostos. O primeiro é que automaticamente o Guarani deverá fazer um esforço, dentro de suas possibilidades, para assegurar a manutenção destes atletas. E se a reposição não for exitosa, o Guarani deverá ficar atento a reposição. Como os recursos são recursos não existe margem para erro.

Outro conceito que salta aos olhos é batido mas verdadeiro: o Guarani paga o preço do sucesso.

Sim, porque não há como ignorar aquilo que Felipe Conceição fez no segundo turno. São 27 pontos em 18 partidas e antes do surto de Covid-19, a equipe disputava a liderança desta fase da competição. As vitórias contra Chapecoense e Cuiabá, dois times promovidos, produziu relevância perante o mundo da bola. Inevitável que os destaques individuais aparecessem.

É a nova realidade do Guarani. E terá que se adaptar ao quadro.

(Elias Aredes Junior)