O desabafo de um torcedor pontepretano ao Só Dérbi

1
303 views

Recebemos este texto do torcedor Victor Sanchez após a derrota para o Oeste e publicamos para reflexão. Confira:

“Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Elton e Renato Cajá; Felipe Azevedo, Biro-Biro e Borges. Técnico: Guto Ferreira

Esse time nunca jogou junto. Porém em questão de tempo não está distante da memória. Jogou na temporada passada!

Esta é apenas a constatação de que a Ponte contratou em 2015 um time sólido e forte em todos os setores, com padrão tático definido e treinado por um técnico que se mostrou conhecedor de tática inúmeras vezes!!

Sei que futebol não segue linearidade, que há questões financeiras, ambições pessoais e vaidades mil dentro e fora das quatro linhas.

Não fiz este time como uma grande seleção da história da Ponte. Há fragilidades individuais sabidas por todos que conhecem esses jogadores.

Com isso tenho apenas uma intenção, que é pedir para a diretoria da ponte preta, (apenas como um simples, porém apaixonado torcedor): Diga que montaram um time para disputar com raça, lutar pela ponte e realizar um bom campeonato paulista.

Isso já é discurso aceito e manjado por todos nós ano a ano, mas não afirme que estão desta vez montando um time para ser campeão!

Torcedor é passional. Vive do hoje. Insulta num dia e no outro aplaude e vibra. Porém não é BURRO!!

Dizer que o time montado até aqui vai disputar título com os 4 grandes e que vem para ser campeão é chamar o torcedor de estúpido. Isso pode ter certeza que não somos!!

Se tivessémos o time acima escalado ou num padrão semelhante, tenho certeza que poderíamos bater no peito e afirmar que lutaríamos, com dificuldades de certo, pelo título paulista!

Só que afirmar que isto vai acontecer com o que montaram até agora não é nem digno de piada, mas sim uma ofensa com o torcedor pontepretano, que já está cansado de discurso barato!!

O que resta é pedir: não vendam uma ilusão! Isso só afastará mais ainda o torcedor judiado do clube mais antigo do futebol brasileiro”.

Autoria de Victor Sanchez, morador em Campinas

1 Comentário

Deixe Um Comentário