Passarelli renova esperança ao sair do Guarani. E que o clube faça uma reflexão sobre a maneira que trata suas revelações!

3
447 views

A vida abre brechas. Concede oportunidades. Oferece estradas ao sucesso. Basta ter a sensibilidade necessária para detectar o momento. Percebo alguns torcedores de nariz retorcido pelo fato de Passarelli ter sido emprestado ao Botafogo-PB, integrante da Série C do Campeonato Brasileiro.

Penso que os defensores do goleiro deveriam encarar o desafio como um recomeço de carreira e uma possibilidade de que no futuro vista a camisa numero do Alviverde, mesmo que seja por um novo contrato. O empréstimo será até o final do ano, quando será encerrado o seu vinculo no estádio Brinco de Ouro.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

Existe  algo tão básico como até tedioso: lugar de Atleta profissional é no gramado. Em atividade. Com serviço á mostra. Do que adianta Passarelli ficar eternamente na reserva bugrina, mesmo que seja no clube do coração? Se ele gerou interesse do clube paraibano é porque existe uma carência na posição e a perspectiva de atuar no Belo (apelido do Botafogo-PB) é muito maior.

Passarelli não atuará em um lugar estranho ou com desconhecidos. Ele estará ao lado de duas pessoas que conhecem como poucos as armadilhas do futebol campineiro. Primeiro é o técnico Evaristo Piza, autor de acesso á divisão de elite do Campeonato Paulista com o Capivariano e que não foi bem sucedido com o Alviverde na Série C de 2014. Fernando Gaúcho como executivo de futebol também saberá tratar o garoto.

Fernando Gaúcho atuou pelo Guarani e nunca escondeu seu carinho pelo clube. Se Passarelli tem alguma mágoa certamente, o dirigente saberá lidar com tal cenário e despertar o arqueiro.

Ok, digamos que Passarelli faça uma carreira retumbante, atue posteriormente em grandes centros e jamais passe perto do Brinco de Ouro. Ou que não evolua e desista de tudo. Nada vai lhe tirar a bagagem e os ensinamentos aprendidos nos tempos de categoria de base no Brinco de Ouro.

Se fosse Passarelli ao invés de guardar mágoa ou ressentimento preferiria encarar como um tempo de renascimento e de esperança. E guardar o essencial: se ele ainda acalenta um sonho no futebol profissional, o Guarani tem participação. Porque lhe formou. Como atleta e homem. Que o arqueiro realize seus sonhos. Ele merece. E que Guarani reflita sobre o modo como trata suas revelações.

(Elias Aredes Junior)

3 Comentários

  1. Este garoto agora podera ter uma chance, mesmo sendo torcedor do time contrário, eu sempre valorizo a base eu sempre ouço elogios a este garoto ,mas nunca deram uma oportunidade , acredito que agora e a hora, e boa sorte a ele

  2. Esqueceu do Thiago Carpini que é o auxiliar do Evaristo e tbm jogou pelo Guarani.
    Toda boa sorte do mundo na carreira do Passarelli, mas eu acredito que é o melhor que ele e o Guarani podem fazer.
    Desde 2016 no profissional, 2 jogos, quinto goleiro, passou por varios técicos e ngm deu chance, mas ai vem a pergunta, nao deram pq? q era jovem ou pq nao tinham total confiança?
    Mas como eu disse, desejo boa sorte na carreira.

  3. Não pode ser que 4 técnicos passaram pelo Bugre, comissão técnica, preparadores de goleiro, etc… E Todos fizeram uma INJUSTIÇA com este jogador… Ele teve chances mas não se firmou… Simples assim… Boa sorte a ele na sequência de sua carreira… E vamos parar de mimimimi… Parece que tudo leva a algo negativo para o nosso Bugre… Chega… Vamos apoiar um pouco… E ver q nem tudo está ruim… Fizemos uma ótima Copinha, um regular Paulistão e vamos com tudo pra BEZONA… SEM MIMIMI…

Deixe Um Comentário