Ponte Preta 120 anos: comemorar sim; flertar com a irresponsabilidade jamais!

0
348 views

Sejamos francos e diretos: apesar de comovente, a atitude de torcedores da Ponte Preta de se aglomerarem em frente ao estádio Moisés Lucarelli foi errada. Muito errada. E neste caso, todos estão equivocados: as pessoas que estiveram presentes: as autoridades publicas que não foram mais energéticas para coibir o ajuntamento; a diretoria executiva da Macaca que deveria pensar em outras saídas para evitar o ocorrido.

Não estamos falando de modo A ou B de comemorar o aniversário da Alvinegra. Falamos de Saúde Pública. Não há como brincar com uma doença que mata mais mil pessoas todos os dias no Brasil. Se você acha pouco tal letalidade, paciência.

E apesar de ter enviado comunicado aos veículos de comunicação e argumentado que não teve relação com a multidão presente no Majestoso, a diretoria executiva da Macaca deu atestado de culpa ao divulgar o cancelamento do Show de Luzes que estava programado para esta terça-feira, data do jogo contra o Brasil, em Pelotas (RS).

Ou seja, mais uma falha de gestão da diretoria comandada por Sebastião Arcanjo, o Tiaõzinho. Por outro lado, confesso que vislumbro argumentos até frágeis para que esses mesmos dirigentes peçam que o torcedor fique em casa. Afinal, existe um ambiente mais negacionista na atualidade do que o futebol?

O discurso é surrado e batido, mas vale a pena revisar. Aniversários de um clube querido e amado como a Ponte Preta teremos outros. E em circunstâncias bem melhores. E a vida? Está é apenas uma. Não convém brincar com fogo.

(Elias Aredes Junior)