Ponte Preta: não dá para viver de ilusão. Por André Gonçalves

0
294 views

Restam 9 rodadas para o fim da Serie B de 2019. São 27 pontos em disputa.

Alguns torcedores relembram a campanha comandada pelo técnico Gilson Kleina em 2018 para continuar acreditando no acesso. Considero ilusão total. A realidade atual é outra.

Desde que voltou para Macaca, Kleina  já dirigiu o time 10 vezes nessa Série B. Não conseguiu sequer dar um padrão e estabilizar o time. Coisa que ocorreu rapidamente em 2018.

Aliás, ficar preso àquela campanha mostra como o hoje -a realidade- está pobre de ideias e baixas perspectivas. Os defensores desse argumento não imaginam uma reviravolta palpável e sim numa espécie de milagre.  De concreto é o baixo nível de futebol. Kleina não apresentou nenhuma evolução de uma passagem para outra. Mesmo esquema e forma de jogo.  Defender e contra atacar.

Esse time não tem essa característica. Não tem velocidade para isso.

Em 2018 o 4o colocado subiu com 60 pontos. Estamos há 20 dessa marca. Restam 27 em disputa. É possível que 62 seja suficiente. Quem confia em 7 ou 8 vitórias em 9 rodadas?

Vejo torcedores confundindo realidade com apoio, com torcida no sentido de suporte ao time. Sempre torço pela vitória, até em amistosos, Copa São Paulo de Junior, Sub15, Sub17. Mas isso não pode prevalecer sobre a razão, o pensar, a lógica. Alguns dizem acreditar e apoiar o time até o fim. Isso é torcida e é justo! Afinal, somos Ponte Preta desde crianças.

Precisamos separar uma coisa e outra. E nesse caso a “outra” é o pífio aproveitamento no segundo turno, em que a Macaca tem 13 pontos.

A realidade dessa quarta  era GK é medíocre. Um time sem imaginação, disperso, sem comando, medroso.

Quando empatamos com o Criciúma e perdemos pontos para frequentadores do Z4, muitos acharam que o resultado era bom por jogar fora. Ledo engano. Mais uma falácia do encantador de iludidos que se tornou GK. Muito bem articulado com as palavras, mas com pouquíssimo aproveitamento em campo.

A rodada se completa hoje. Até as 19h15 dessa terça-feira estamos há 3 pontos do G4. Podem se tornar 6…

Não tenho como prever o futuro mas qual a probabilidade de um time que tem aproveitamento de 43% dos pontos (conquistou 13 de 30) com o atual técnico, alcance números próximos de 80% (vencer 7 jogos de 9 para chegar aos 61 ou 62 pontos)?

Torcerei para isso! Mas sem ilusões. (Texto escrito por André Gonçalves- Especial para o Só Dérbi- Foto assessoria Atletico Goianiense-Divulgação)

Deixe Um Comentário