Ponte Preta x Sport Clube Rio Grande: atenção para que um tema inocente não vire uma tremenda dor de cabeça

0
782 views

Noticia curta e grossa: o Sport Clube Rio Grande, entrará na Justiça para tentar impedir que a Ponte Preta não utilize a alcunha de equipe mais velha do Brasil. Considera-se prejudicada porque foi preterida por anos e anos de torneios e eventos em virtude da Macaca se considerar a veterana, fundada em 11 de agosto de 1900 e que nunca parou suas atividades. O time gaúcho afirma que merece o cetro por ter sido fundado em 19 de julho do mesmo ano.

As reações em Campinas foram as de sempre: o torcedor do Guarani revoltado e sedento por ver a desgraça do rival; e os torcedores pontepretanos com um sentimento de galhofa e de desdém em relação a pretensão do time gaúcho.

Pesquisadores da história da Ponte Preta como o falecido Sérgio Rossi e posteriormente o historiador José Moraes dos Santos Neto afirmam de que não há duvidas sobre o nascimento da Ponte Preta e o fato de sua longevidade e pioneirismo no futebol brasileiro.

O tema que foi alvo de polêmica pela ultima vez em 1996, quando o então jornal Diário do Povo trouxe uma série de reportagens de autoria de Ariovaldo Izac, em que apontava erros na data de fundação da Macaca e que na realidade seria de 1906. Ou seja, o Sport Rio Grande não é o primeiro que protagoniza uma polêmica com a Macaca neste assunto.

Quero abordar dois pontos. O primeiro é que a segurança por parte do torcedor e da diretoria da Ponte Preta não pode virar desleixo. Se o clube gaúcho realmente entrar na Justiça e pedir a anulação da alcunha e uma indenização de R$ 50 milhões, a Ponte Preta deve canalizar todos os esforços jurídicos para que tal pedido não vire uma indesejável dor de cabeça.

Que fique atenta. Especialmente porque juízes de direito no Brasil são imprevisíveis. Tanto que a disputa pelo título brasileiro de 1987, entre Flamengo e Sport virou algo tão longo que desembocou nas instâncias superiores.

É lógico que o torcedor pontepretano pode e deve ficar orgulhoso pelo fato da Macaca afirmar  ser o clube de futebol com maior tempo de atividade no Brasil. A história de seus fundadores deve e pode ser relembrada. Sempre.

Agora, sinceramente espero que chegue o dia em que Macaca, além deste feito, seja conhecida por mais feitos esportivos, pelo levantamento de taças e por revelação de mais craques. Sem contar um crescimento ainda maior de sua torcida apaixonada. Batalha na Justiça? É só não vacilar que brevemente o tema será parte do passado.

(Elias Aredes Junior)