Artigo Especial: Uma reflexão importante sobre o Guarani. Por Marcelo Dias

0
587 views

Nesta semana, o Só Dérbi abordou a marcação da reunião do Conselho Deliberativo para o próximo dia 19 de outubro. Por ser um grupo político importante dentro da agremiação, a reportagem do Só Dérbi foi atrás da opinião de algum integrante do Renova Guarani.

No final da noite de quinta-feira, dia 08 de outubro, recebemos a mensagem do advogado Marcelo Dias, conselheiro, participante do Renova Guarani e que nos mandou o seguinte texto que reproduzimos a seguir:

O Renova, como todo Bugrino, está insatisfeito com a campanha deprimente do Clube. Diante disso, requeremos a realização de reunião do Conselho Deliberativo para cobrar o CA quanto as providências que serão tomadas para salvar a equipe do desastre.

No entanto, é preciso que se deixe a hipocrisia de lado. Os resultados em campo do Guarani são fruto de décadas de desmandos, de má gestão, de gente destruindo a Instituição. Isso aí é o resultado de administradores pouco preocupados com o futuro, arrebentando orçamento, contratando de modo incauto e sem planejamento.

Será que a memória de alguns é tão curta assim? Será que ninguém se recorda de como tudo isso começou? Do que era o Guarani na década de 80, e no que ele se transformou? Ninguém se lembra das campanhas pífias na série C e na A2, dos rebaixamentos consecutivos, das vergonhas de presidentes fugidos, das acusações de corrupção e desmando?

Hoje vi a entrevista do goleiro Fábio do Cruzeiro ao final do jogo. Recomendo que  veja. Serve direitinho para o Guarani. Os que estavam no contrato da Turbo System continuam perambulando felizes, posando de salvadores. O mesmo vale para quem fez campanhas deprimentes, para quem elevou a dívida trabalhista às alturas, para quem não pagou a SANASA por décadas. Gente que agora quer jogar nas costas do renova a consequência de trinta anos de merda. Hipocrisia em seu estado mais nefasto.

Tentamos mudar o Guarani. Tínhamos um contrato maravilhoso, que eu vou publicizar em breve, quando e se receber a autorização do investidor. E muitos impediram que ele fosse sequer debatido. Gente que impediu o Guarani de formular um processo de reconstrução, com gente capaz de aportar recursos, só pra não perder a chance de se amarrar numa das sofridas tetas do Clube.

O Guarani paga a conta de anos. Muitos anos. E nós, que jamais recebemos um centavo por tudo o que fazemos – nem ingresso, nem beija mão ou favor -, continuaremos lutando para recuperar a dignidade perdida. O Renova nasceu pra isso, e vai até o fim. No final, os bons sempre vencem”. (Texto de Autoria de Marcelo Dias)