domingo , 21 outubro 2018
Home / Destaque / Punições saem caro, e Ponte Preta amarga prejuízo de R$ 258 mil como mandante

Punições saem caro, e Ponte Preta amarga prejuízo de R$ 258 mil como mandante

A Ponte Preta encerrou a saga de oito partidas como mandante sob punição na Série B do Campeonato Brasileiro com prejuízo superior a R$ 258 mil, média de R$ 32 mil por jogo.

Além do déficit no campo financeiro, a Macaca amargou aproveitamento de 33% em casa, o que comprova a irregularidade alcançada ao longo dos pontos corridos: duas vitórias (Goiás e Fortaleza), três empates (Oeste, CSA e Avaí) e quatro derrotas (Paysandu, Londrina, Atlético-GO e Juventude).

Vale lembrar que o confronto diante do Dragão foi disputado no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, em razão das reformas no gramado do Majestoso.

Entre as principais despesas, as maiores são aluguel de estádio, arbitragem, equipes de apoio, ambulância e sonorização do estádio, relacionadas aos gastos operacionais. Além disso, cerca de 20% do valor pago é destinado às taxas e impostos.

DÉFICIT DA PONTE PRETA NA SÉRIE B:

Paysandu:  R$ 26.889,00

Londrina:  R$ 25.552,88

Atlético-GO:  R$ 23.933,48  (em Bragança Paulista)

Oeste: – R$ 24.490,78

Goiás  R$ 27.331,88

CSA:  R$ 28.113,60

Juventude:  R$ 51.505,10 (em Araraquara)

Avaí:  R$ 50.387,70 (em Araraquara)

Prejuízo total: R$ 258.204,42

A nação pontepretana só pôde estar presente no Moisés Lucarelli de corpo e alma no dia 08 de julho, na vitória em cima do líder Fortaleza pelo placar de 2 a 0. Na ocasião, foram 8.445 pagantes e lucro líquido de R$ 17.465,11.

Com 29 pontos e na luta para entrar no G4, a Alvinegra enfrenta o Criciúma, às 21h30, no Moisés Lucarelli, no reencontro com os torcedores em casa.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa/foto: Fábio Leoni – Ponte Press)

Veja Também

Ponte Preta joga contra o Figueirense para melhorar sua pontuação perante a história

Com 43 pontos e na zona intermediária da classificação, a Ponte Preta, além de reacender ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *