Reação: a palavra que precisa entrar no vocabulário do Guarani. Urgente!

0
199 views

Não dá para utilizar meias palavras em relação a atuação do Guarani contra o Ituano: péssima. Abaixo da critica. Time desorganizado, sem inspiração e com erros individuais aos borbotões. Perdeu os primeiros três pontos em casa e uma palavra precisa entrar no vocabulário: reação.

Reação por parte do técnico Allan Aal. Se sua metodologia de jogo não funcionou, ele precisa utilizar os dois dias de atividades antes do confronto com o Botafogo de Riberão Preto para colocar a casa em ordem. Formatar uma equipe compactada, com um repertório mínimo de jogadas e que consiga render fisicamente. O segundo tempo foi de assustar.

A reação também precisa vir por parte dos jogadores. O torcedor não vai aceitar mais 90 minutos sem inspiração, vibração ou que correm de modo equivocado, caso do lateral-esquerdo Bidu.

O Guarani está pressionado não somente a mostrar desempenho, mas em pontuar. Se ficar com duas derrotas antes do confronto com o Bragantino, o quadro ficará dramático.

Infelizmente, a conjuntura do campeonato dá margem estreita de manobra para clubes médios e pequenos. É reagir agora. Para não padecer depois.

(Elias Aredes Junior)