segunda-feira , 21 Maio 2018
Home / Destaque / Rondinelly destaca importância do Brinco e ressalta que a equipe não deve mudar seu estilo

Rondinelly destaca importância do Brinco e ressalta que a equipe não deve mudar seu estilo

O Guarani, tradicionalmente, sempre foi muito forte jogando no Brinco de Ouro e nesta temporada tal rotina não vem sendo diferente. Em dez partidas na Série A2, o Bugre venceu oito jogos, empatou uma e foi derrotado apenas uma vez – conseguindo o sonhado acesso ao Paulistão e garantindo o título da competição. Neste sábado, às 16h30, o Alviverde faz sua estreia em casa na Série B diante do Sampaio Corrêa e vai em busca de sua primeira vitória na competição.

Em entrevista coletiva, o meia Rondinelly destacou a importância de jogar em casa ao lado do torcedor e falou sobre a diferença que isso faz para o time. “O fator casa é o torcedor, o vestiário, o jogador estar acostumado com o ambiente. Isso faz total diferença! Se a torcida comparecer, lotar o estádio, nos empurrar, não tenho dúvida que será muito importante para vencermos os jogos em casa e isso vai fazer total diferença lá na frente”, frisou o jogador.

Após o título da Série A2, o início de campeonato nacional não foi bom e a equipe campineira apresentou dificuldades para impor seu estilo de jogo na derrotada por 2 a 1, para o Fortaleza, no Castelão. Mesmo assim, Rondinelly ressaltou que a forma de jogar da equipe não pode mudar.

“Sabemos que a Série B é um campeonato diferente, mas tem dado certo o nosso esquema, o nosso estilo e isso não temos que mudar. Temos que aperfeiçoar as nossas formas de jogar, ter sabedoria para jogar fora de casa, até mesmo quando enfrentar adversários difíceis em casa para ser mais maduro e mais malandro na disputa do campeonato”, ressaltou o armador.

Para a partida deste sábado, diante do Sampaio Corrêa, às 16h30, o técnico Umberto Louzer terá, mais uma vez, o agora camisa 10 à disposição, além das voltas de Bruno Nazário e Baraka – ambos serão titulares.

Bruno Mendes, por sua vez, é mais um que poderia estar à disposição do treinador, mas a sua volta é vista com maiores dificuldades pelo fato de o centroavante estar com uma lesão muscular e ainda não ter treinado na semana.

(texto e reportagem: Eduardo Martins/foto: Guarani Press)

Veja Também

Ponte Preta é a única equipe da Série B que ainda não somou ponto como mandante

A Ponte Preta tem sofrido mais do que o normal quando atua como mandante na ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *