sexta-feira , 17 novembro 2017
Home / Destaque / Saída de advogado, falha no documento e comissão técnica impaciente: entenda o caso Richarlyson no Guarani

Saída de advogado, falha no documento e comissão técnica impaciente: entenda o caso Richarlyson no Guarani

A diretoria do Guarani está travando uma verdadeira batalha contra o tempo para contar com Richarlyson na sequência da Série B. Há mais de um mês no clube, o volante ainda não está regularizado e ainda não tem previsão de estreia com o Bugre. Nova expectativa da comissão técnica era de contar com o atleta no jogo contra o Oeste, mas agilizar a inscrição do jogador não será fácil.

ERRO NO DOCUMENTO
O primeiro problema apareceu em um erro no registro de Richarlyson. O clube esperou o clube indiano enviar documentos necessários para preenchimento da ficha por duas semanas, mas quando recebeu o departamento jurídico acabou errando na data de nascimento do jogador, que apareceu com 35 anos na ficha, mas tem 34. Com a falha, o processo foi reiniciado.

SAÍDA DE ADVOGADO
O segundo ponto para entender o problema na documentação de Richarlyson foi a saída de um dos advogados que estava cuidando do caso do volante. A retirada do clube se deu após um desentendimento com o clube. Conhecido como Dr. Felipe, ele não atendeu as ligações da reportagem do Só Dérbi.

Após a saída do profissional, o processo de regularização foi reiniciado e atrasou o prazo inicial previsto pela diretoria. Tudo isso porque alguns dados ficaram com o advogado que cuidava dos trâmites burocráticos para a transferência internacional.

IMPACIÊNCIA DA COMISSÃO TÉCNICA
A diretoria não conseguiu cumprir três prazos previstos para a comissão técnica e acabou gerando uma irritação de Vadão e seus auxiliares. O assunto, inclusive, tem sido evitado pelo comandante nas entrevistas coletivas, que prefere passar o problema para a diretoria tratar. Fato é que o time necessita do jogador. No último jogo, diante do Criciúma, o Guarani não tinha um volante no banco de reservas para ser utilizado.

O presidente Palmeron Mendes Filho e seus auxiliares executivos tentam acelerar o processo restante para contar com o jogador ainda nesta semana. O Bugre tem dois jogos atuando dentro de casa: contra o Oeste, terça-feira, e depois contra o Náutico, ambos no Brinco de Ouro.

(texto e reportagem: Júlio Nascimento/foto: Rafael Fernandes-GuaraniPress)

Veja Também

eurico

Eleição no Vasco da Gama vira de ponta-cabeça. Qual a relação com o pleito na Ponte Preta? Tudo. Saiba o motivo!

Apesar do silêncio e da ausência de debates nas ruas e nos veículos de comunicação, ...

2 Comentários

  1. Perua irracional virgem !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. Advogado saiu por que?? Falta de pagamento? Qual é a versão oficial, pelo menos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *