domingo , 23 abril 2017
Home / Artigos/Opinião / Uma visão sobre a goleada bugrina por Paulo do Valle

Uma visão sobre a goleada bugrina por Paulo do Valle

Peço licença aos muitos amigos pontepretanos que me acompanham, sei que a rivalidade faz parte, mas dessa vez preciso falar não só como um jornalista, mas como um amante do esporte bretão e sua imprevisibilidade. O que aconteceu na noite do último domingo em Campinas é digno de livro. Ignorar ou diminuir esse fato por ser pontepretano é ignorar que o futebol é a maior invenção da humanidade. E não importa a divisão que seu time joga. A divisão é o de menos. Torcedor gosta de emoção, gosta de acreditar que tudo é possível e foi isso que o Guarani proporcionou a sua torcida, graças a maestria de Fumagalli – ídolo maior – e a garra de um elenco que reverteu um resultado de 4 X 0.

Eu sei que hoje é um dia ruim para os amigos pontepretanos, mas eu não consigo deixar de ficar maravilhado com a imprevisibilidade apresentada pelo futebol, mesmo quando a situação parece irreversível.

Aos amigos bugrinos, saibam que vocês têm meu respeito por nunca desistirem do time que amam. Em tempos de pay-per-view e enxurrada de jogos internacionais na TV insistir em torcer pro time da cidade é uma escolha correta. Pergunte aos presentes no Brinco de Ouro na noite épica de domingo e saberá.

Desejo que o Guarani tenha competência pra voltar à elite para que o futebol de Campinas volte a ser coroado com o Dérbi na 1ª divisão nacional e estadual. É isso que os torcedores dos dois clubes da cidade merecem. O verdadeiro torcedor que não vai desistir nunca da sua paixão.

É isso que me move.

(análise de autoria de Paulo do Valle- originariamente publicado no Facebook)

Veja Também

vadao111

Vadão confirma volta de Lenon e Guarani está pronto para decisão

O técnico Oswaldo Alvarez já definiu o  Guarani para o jogo decisivo de amanhã contra ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *