Vender Ivan é a saída para assegurar tranquilidade para a Ponte Preta?

0
309 views

Jornais espanhóis cogitam o nome do goleiro Ivan no Barcelo. Afirmam que seus direitos econômicos encontram-se em cinco milhões de euros e que isso seria um preço acessível se levar em conta a perspectiva do arqueiro. Uma conjectura que pode ganhar contornos fortes se o arqueiro Neto mudar de ares.

Já escrevemos que o ideal o arqueiro disputar mais uma edição da Série B, verificar a evolução do mercado e posteriormente fazer uma escolha que projete o seu talento. Esse seria o mundo ideal.

No mundo real, a Macaca montou uma equipe cara e com uma folha de pagamento pesada, que certamente passará de R$ 1 milhão mensais. Leve em conta que o mercado projeta uma queda brutal de receita dos clubes da Série A. Imagine na segundona nacional. Com queda no número de sócios torcedores e a perspectiva dos patrocinadores uma quantia menor de dinheiro a tempestade perfeita está formada.

Ivan pode virar o passaporte para a Macaca quitar seus compromissos e afastar o risco do atraso de salários.

É o ideal? Longe disso. Não há como fazer caridade com o chapéu alheio. Não dá para contar eternamente com os recursos de Sérgio Carnielli. Não tem jeito: Ivan é a saída para que a Macaca respire aliviada em um mundo do futebol cada vez mais sufocante.

(Elias Aredes Junior- Foto de Luiz Guilherme Martins-Pontepress)