Alexandre Gallo celebra vitória, aponta problemas e pede apoio do torcedor

0
822 views

Além de celebrar a vitória contra a Ferroviária, o técnico Alexandre Gallo aproveitou para exibir a realidade do time da Ponte Preta, que ainda tem deficiências no elenco e alguns jogadores que ainda precisam entrar em forma. “Tivemos que colocar volume e não brilhantismo porque aqueles que estão adequados, o Cristian e o Felipe Menezes ainda  não estão prontos”, afirmou o técnico pontepretano.

Para ele, com a presença de Clayson, Rhayner e Felipe Azevedo a Macaca ganha em força, mas perde um requisito fundamental para um bom trabalho de criação. “Temos uma dificuldade na criação porque nossos jogadores são de velocidade e não de criação. Como Felipe Menezes dei 45 minutos e algum momento vai evoluir. E disse que a equipe precisa dar suporte. A transição defesa e ataque com ele vai melhorar”, disse o tecnico.

Segundo ele, o próprio momento do adversário valorizou a vitória. “O momento da Ferroviária no aspecto físico e técnico é superior e temos que reconhecer. O Fernando Gabriel é um articulador técnico e que deixa na cara do gol. Não existe mágica no futebol e precisamos entender o que temos para trabalhar”, disse o técnico, rápido em esclarecer que não recrimina a torcida.“Entendo o lado do torcedor, mas o importante foi vencer e ver a torcida desabafando no gol do Wellington Paulista. Mas quando trocamos os passes chegamos ao gol da Ferroviária”, completou o treinador, que agora prepare-se para o desafio de sábado, contra o Capivariano, fora. O desfalque será o volante Jonas, suspenso.

(texto e reportagem: Elias Aredes Junior- Foto de Fábio Leoni-Ponte Press)