Guarani e o pedido do destino: está na hora de voltar a derrubar os gigantes do futebol paulista

0
475 views

No ano passado, o saldo do Guarani diante dos gigantes paulistas não foi saudável.

Em casa, derrota para o Corinthians por 1 a 0, revés diante do Palmeiras – e uma controvérsia com o VAR- e perda de três pontos diante do São Paulo no estádio do Morumbi.

Não enfrentou o  Santos porque estava no mesmo grupo do Alviverde, que no final das contas não conseguiu a classificação e viu Mirassol e Guarani decidirem uma das vagas as semifinais. No final, a queda nas quartas de final foi um dos motivos que levaram a demissão de Allan Aal antes da Série B.

Em 2020, mais dissabor: derrotas para o Palmeiras fora de casa por 1 a 0 e no Brinco de Ouro a equipe perdeu para o Santos ( 2 a 1) e no Morumbi para o São Paulo por 3 a 1.

A ultima vitória em casa sobre um gigante foi no dia 23 de janeiro de 2019, quando bateu o Corinthians por 2 a 1. Nesta mesma edição do Paulistão, duas rodadas depois, sob o comando de Osmar Loss, a equipe campineira ganhou do São Paulo por 1 a 0. Depois o time foi derrotado pelo Santos por 3 a 0.

Ou seja, desde que retornou para a divisão principal do Paulistão, qualquer jogo diante dos gigantes paulistas virou um tormento. Este é o desafio de Daniel Paulista: montar um futebol competitivo e trabalhar para quebrar esse pequeno tabu negativo. Não será fácil.

(Elias Aredes Junior- foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)