Após estrear com derrota, Louzer aguarda regularização de trio do Guarani

3
252 views

Depois de estrear com derrota enfrentando o Oeste na última quarta, o técnico Umberto Louzer espera contar com Marcílio, Bruno Nazário e Bruno Mendes na próxima rodada do Estadual. A derrota para o rubro escancarou os problemas do time, principalmente no setor ofensivo.

No caso destes três atletas, será preciso aguardar a liberação de documentos da Fifa para eles poderem entrar em campo, já que se tratam de transferências internacionais. O lateral Marcílio, veio do Vitória de Guimarães-POR, já Bruno Nazário, foi novamente emprestado pelo Hoffenheim-ALE, enquanto Bruno Mendes, pertence ao Deportivo Maldonado-URU.

Nazário e Mendes são reforços que precisam estar disponíveis com mais urgência, pois devem ser utilizados na equipe titular de Louzer. Os dois podem ocupar as vagas de Gabriel Leite, Denner ou até Fumagalli, que decepcionaram na partida de ontem em Barueri.

Além destes reforços, o Bugre ainda aguarda a regularização do goleiro Wallace, que veio do Vitória. Já Bruno Brigido, que não atuou diante do Oeste, teve seu nome publicado no BID da CBF, ontem, e está liberado.

Philipe Maia e Caíque, seguem com situação indefinida no clube. No caso do atacante, a renovação de contrato ainda não foi assinada. O próximo compromisso do Guarani será sábado, ás 17h, quando enfrenta o Nacional-SP, no Brinco.

(texto e reportagem: Eduardo Martins/foto: GuaraniPress)

3 Comentários

  1. Nao ha motivos para panico.O Oeste e candidato direto ao titulo e manteve a base do ano passado que quase subiu.Em teoria houve alguma evolucao se compararmos o baile que tomamos no mesmo estadio e praticamente com o mesmo time na serie B.Jogamos com um time desfalcado e em formacao.Agora se perder ou empatar com o Nacional em casa e outra historia.

    • Está de brincadeira…O Guarani tem que se impor.
      Desde o começo do campeonato.
      O problema é apostar em um técnico iniciante.
      Contratar mal e ainda tentar implantar uma filosofia de jogo que demanda tempo e que foi praticada por outro treinador.
      Isto é piada com o torcedor.
      A A2 é curta. Não dá para inventar moda.

Deixe Um Comentário