Artigo: Nação Bugrina, vamos proteger o Gigante Verde e Branco Campineiro. Intervenção Judicial Já! Por Anselmo França

5
1.245 views

Dias atrás eu escrevi que toda a torcida do Guarani precisava se unir e no bom sentido brigar pelo querido Bugre Campineiro antes que fosse tarde. Afinal o Guarani pertence à toda sua nação, é um grande patrimônio da cidade de Campinas e ainda não tem um dono.

Após o magistrado Rafael Martins da justiça trabalhista conceder uma entrevista às rádios de Campinas e comentar que fez um recente despacho colocando a possibilidade de o clube passar por uma intervenção judicial administrativa visto que o mesmo segue acumulando novas dívidas trabalhistas, as redes sociais se agitaram em torno desta discussão.

O Blog Raça & Tradição divulgou no dia 25.04.2019 uma enquete com uma significativa participação dos seus leitores e 96% deles opinaram serem a favor desta intervenção. Logo, um número extremamente relevante e que na realidade demonstra que a paciência do torcedor bugrino já se esgotou faz tempo com as sucessivas más administrações do clube, incluindo a atual.

Clubes como Londrina-PR e Bahia-BA já passaram por um processo similar e saíram sem dúvidas muito mais fortalecidos. É evidente que um administrador judicial irá priorizar o pagamento das atuais dívidas e sobretudo evitar o acúmulo de novas, fazendo com que o orçamento para a folha do futebol seja mais apertado.

Isso atrapalharia de fato o futebol ou obrigaria o clube a usar seus recursos com prudência e responsabilidade?

Administrar o clube desta forma não é fazer o bem para a instituição e pensar no seu futuro?

Será que um interventor por exemplo assinaria o contrato feito com o técnico Osmar Loss sabendo que os funcionários da instituição ainda se quer receberam seus 13º salários?

O elenco da série B do ano passado era por exemplo mais barato do que o atual e aparentemente muito mais competitivo, logo, dinheiro é sem dúvidas essencial, mas saber usá-lo da forma correta é vital para qualquer organização.

O fato é que agora o apoio à esta possível intervenção administrativa também ganhou uma importante participação de sócios ligados ao grupo Hoje & Sempre Guarani, os quais entregaram ao juiz Rafael Martins uma petição com este objetivo e fundamentada com diversas irregularidades e irresponsabilidades administrativas que a atual gestão do presidente Palmeron Mendes Filho vem cometendo.

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos e torcer para que o Guarani saia fortalecido caso ocorra este processo, afinal o gigante verde e branco da cidade segue em pé, mas a qualquer momento pode ser atingido em seu calcanhar de Aquiles. Cabe à nação Bugrina protegê-lo.

(Artigo de autoria de Anselmo França- Quimico. Especial para o Só Dérbi)

5 Comentários

  1. Este tipo de situação me preocupa , as vezes acho que por interesse próprio prejudica-se o clube . Será que estas correntes , são pequenas , considerando que apenas 500 sócios decidem o destino do nosso time , estão preocupados mesmo com o clube .
    Por ser apenas 500 pessoas que decide, , a maioria se conhece, se realmente estivessem preocupados com o clube , por que não se unem para resolver os problemas que são muito grandes .
    O clube precisa ser novamente fortalecido , para depois ter correntes de oposição .

  2. Concordo em partes em ter um administrador judicial.
    Sabe pq?
    PQ e quando ele sair? Quem vai se o PROFISSIONAL qu vai tomar conta?
    O que o Guarani SEMPRE precisou é gestão profissional… Pessoas competentes para atuar em TODOS OS CARGOS.
    Vide Flamengo, que guardadas as devidas proporções, passou por um processo doloroso de reconstrução, pagamento de dividas e afins, times ruins, sofríveis, mas com pessoas na gestão que sabiam que não podiam fazer milagre e precisavam acertar pra voltar mais forte, assim como um empresa.

    O Guarani precisa de uma intervenção? pode ser que sim, mas ainda pode ser de dentro a virada do jogo.. se o que acontecer for uma gestão realmente profissional, com pessoas realmente capazes e mais importantes, remuneradas pelos serviços…

    Sair do século XV e vir pro século XXI

  3. E meu medo ta ali na frase: grupo Hoje e Sempre Guarani… nada mais que mais do mesmo que todos os gruos que colocaram o Guarani na fossa.

    o único grupo que realmente confio ser capaz de mudar as coisas, e que fala o mesmo que eu (gestão profissional) é o Renova..

  4. Imagine o guarani sendo um defunto e embora tenha tido o património dilapidado, no caixão ainda tem gente enfiando a mão no bolso do paletó do morto porque ali, pelo nome e patrimonio, ainda tem dinheiro. Por isso da disputa eleitoral.. Sem mais e que Deus nos ajude.

Deixe Um Comentário