Com abordagem “se vira nos 30” no futebol, estatutários querem que Umberto Louzer faça milagre no Guarani. E ele até pode conseguir…

0
2.009 views

Já escrevi neste espaço e acho salutar reforçar a teoria. Umberto Louzer é o principal responsável por colocar o Guarani na rota do acesso. Seu desempenho na construção de uma defesa mais segura foi fundamental.

Mas é fato que o time oscilou nos ultimos quatro jogos. Disputou 12 pontos e ganhou quatro. Pela lógica de raciocínio, podemos chegar a conclusão de que o treinador é responsável pela queda de produção. É correto. Mas existem camadas a serem analisadas.

 Quando digo que os dirigentes estatutários não tem participação na atual campanha é pela conjuntura construída na montagem da equipe.

Primeiro: boa parte do elenco foi escolha direta do ex-superintendente executivo Rodrigo Pastana. Lucas Drubscky teve o mérito de segurar os principais jogadores. Não é pouco.

O que deveria fazer os dirigentes estatutários? Autorizarem gastos que pudessem viabilizar jogadores mais qualificados e automaticamente permitir ao treinador que pudesse realizar um rodizio na escalação sem perder a qualidade. A maratona da Série B cobra um alto custo na reta final em termos físicos.

Isso foi feito? Os jogadores trazidos pelo Guarani na janela são da qualidade dos titulares? Sim, Umberto Louzer conseguiu evoluir alguns jogadores como Pablo Thomaz. Fato. Mas ainda estão distantes dos principais titulares. Fato.

E que ninguém fale que o Guarani não poderia fazer tal medida. Em 2021, o déficit de exercicio do Guarani foi de R$ 2.020 milhões e no ano seguinte passou para R$ 8.587 milhões. Tudo para conseguir a permanência. Já que são adeptos da gastança porque não fazem o mesmo esforço para chegarem a primeira divisão? Pois é.

Diante disso, para o bem ou para o mal, Umberto Louzer é o personagem central da campanha ao lado dos jogadores, da comissão técnica e dos executivos estatutários. Dirigentes estatutários? Tiveram a chance de serem protagonistas, mas renunciaram. E ao contrário do que dizem alguns torcedores alienados (e infelizmente eles existem), exibir estes fatos não é querer tumultuar e sim exibir a verdade. Porque ela sempre liberta. 

(Elias Aredes Junior- com foto de Raphael Silvestre-Guarani F.C)