Copa América: é o que temos para o momento! Por Jota Jorge

0
100 views

Começou a Copa América com sede em nosso país na última semana. Confesso que em outros tempos, sequer acompanharia com atenção esse que é o torneio entre seleções mais antigo do mundo. Quanto mais comemorar a conquista.

Porém, andei pesquisando os títulos de nossa seleção, e confesso que fiquei assustado. Desde 2002, nossa seleção conquistou apenas três Copas das Confederações e duas Copas América.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

Alarmante, preocupante!!! Pensando nisso, creio que devamos comemorar o título se vier, sim. Afinal, já não temos o melhor futebol do mundo. Já não metemos medo em ninguém. Já perdemos o respeito que impúnhamos nos nossos oponentes.

Já não somos favoritos a campeonato  nenhum. Se outrora passávamos por cima de Bolívia, Equador, Venezuela e Peru, hoje devemos ter cuidado com essas seleções.

Os resultados estão aí para comprovar. Antes, existiam disputas entre países da América do Sul em jogos de ida e volta. Copa Rio Branco( contra o Uruguai), Taça Oswaldo Cruz( contra o Paraguai), Taça Bernardo O’Higgins( contra o Chile) e Copa Roca( contra a Argentina). Exceção feita a Copa Roca contra os “hermanos”, onde havia muito equilíbrio (embora fomos fregueses deles em boa parte do século passado), o restante das competições era um verdadeiro passeio.

Enquanto Pelé e Garrincha jogaram juntos, o Brasil nunca perdeu. O adversário olhava aquela camisa e se borrava de medo. Os tempos eram outros. O jogador sonhava em jogar na seleção. Era o ápice da carreira de qualquer um. As convocações eram feitas por mérito. De acordo com o que o atleta produzia em campo .

Ah!!! Bons tempos!!! Tempos de glórias, de vitórias, de alegrias, de orgulho. Isso tudo acabou. Convocações obscuras, feitas por sabe-se lá quem, por empresários, patrocinadores, gente que usa nossa seleção para ganhar dinheiro. Jogadores descompromissados, desinteressados que fazem da convocação um fardo, dirigentes de caráter duvidoso, treinador submisso, enfim, tudo muito diferente.

E para pior, infelizmente. Diante de tudo isso, cheguei a triste conclusão que devemos  comemorar sim, a conquista da Copa América se acontecer. Vai ser difícil. Mas temos que comemorar. Afinal, uma seleção que tem cinco títulos em dezessete anos deve festejar muito. Em que ponto chegamos, hein? E daí para pior.

Temos que ter em mente que qualquer conquista de nossa seleção hoje deve ser celebrada. Somos um time comum, banal, previsível que ainda pensa que tem o melhor futebol do mundo.

Muita pompa, muita arrogância, muita empáfia e pouquíssimo futebol.Chegamos ao fundo do poço. Comemorar uma conquista de Copa América para nós hoje é muito importante. Quem diria??? Graças aos erros, desmandos, falcatruas, desfalques de nossos dirigentes. Negociatas, atitudes escusas, treinadores subservientes e jogadores descompromissados  Para todos esses, um desejo de verdade: ” Passar Bem ” !!!

(texto de autoria de Jota Jorge-Especial para o Só Dérbi)

Deixe Um Comentário