Corinthians faz negócio com Ponte Preta. Macaca pede jogadores ao Coringão. Parceria sadia ou dependência crônica?

1
1.004 views

A Ponte Preta cogita repatriar o atacante André Luis por emprestimo e também tem interesse no armador Marquinhos, de 22 anos. Os dois são pertencentes ao Corinthians, o mesmo que adquiriu 60% dos direitos de Matheus Alexandre e que no passado contou com atletas com passagem pela Macaca, como Clayson, Marlon e Pablo.

Ninguém é bobo de descartar a hipótese de que existe uma parceria. A torcida torce o nariz e com razão. Infelizmente, transmite-se a impressão de que a Ponte Preta virou incubadora corinthiana. Ou seja, o período de experiência é vivido no estádio Moisés Lucarelli e posteriormente é repassado ao Parque São Jorge. Em contrapartida, alguns atletas que vieram de São Paulo não demonstraram tamanha eficiência, como Mantuan e Maicon.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

Se a diretoria executiva for inquirida a resposta estará na ponta da língua: o clube não tem dinheiro, perdeu alicerces importantes e precisa encontrar saídas criativas. E que todos os clubes de Série B de um jeito ou de outro vão apelar aos elencos de clubes milionários. Convenhamos: não deixa de ser verdade.

Pois eu digo que a falha em todo o processo encontra-se em uma palavra: comunicação. Durante todo esse período de negócios entre Corinthians e Ponte Preta, seja Márcio Della Volpe, Vanderlei Pereira ou José Armando Abdalla Junior nunca existiu uma explicação pormenorizada dos fatores que levam ao estabelecimento desta relação.

Não sabemos por exemplo se outros clubes tem parceria com a Macaca ou se houve desprezo por parte dos potenciais sócios. Vou além: por que até hoje foi priorizado o relacionamento com os clubes ao invés de um fortalecimento ainda mais forte das categorias de base? Para fugir de outros clubes, a independência é fundamental. E isso só acontece com a revelação de seus próprios jogadores e de preferência com venda ao exterior.

Esta dependência em relação ao Corinthians só será resolvida com um amplo debate sobre a maneira de governança da Ponte Preta. E de preferência que tal discussão seja conduzida por gente com ideias novas e sem os vícios do passado.

(Elias Aredes Junior)

1 Comentário

  1. Precisa fazer contrato até o fim do campeonato caso sejam emprestado para a ponte ,, espero que no negócio não esteja o goleiro Ivan que está sendo cogitado para ir para o Corinthians.

Deixe Um Comentário