Guarani contabiliza dívida de R$ 150 milhões junto ao Governo Federal. Uma solução precisa ser encontrada. Urgente!Urgente!

2
831 views

No final de janeiro deste ano o  governo federal lançou o aplicativo Divida Aberta, que faz um relato das dividas de pessoas físicas e jurídicas. E o levantamento não traz noticias positivas ao Guarani, que deve no total para a União o valor de R$ 150 milhões. O valor só é inferior ao do Cruzeiro, que tem um debito de R$ 261 milhões.

Como comparação, basta dizer que o Corinthians tem uma divida total com o Governo Federal no valor total de R$ 32 milhões.

Ao fazer uma descrição detalhada, o time deve R$ 102 milhões em impostos e na questão previdenciária o valor encontra-se em R$ 38 milhões. Também existe uma pendência de R$ 759 mil de multas trabalhistas. Em relação ao montante que deveria depositar no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, o valor está em R$ 8,9 milhões.

Uma das alternativas para sanar a divida teria sido adesão ao Profut, sancionado pela então presidenta da Republica Dilma Roussef no dia 04 de agosto de 2015.

Na ocasião, o mecanismo dava oportunidade de parcelamento das dividas, desde que obedecessem a uma série de regras. Na oportunidade, o Guarani não aderiu e alegou que não tinha capacidade suficiente de pagamento para arcar com a responsabilidade.

O tempo passou e por enquanto nenhuma solução foi encontrada para essa divida, apesar da entrega do estádio Brinco de Ouro ao empresário Roberto Graziano para quitar dividas trabalhistas.

(Elias Aredes Junior)

2 Comentários

  1. Quem deveria quitar este valor são os dirigentes durante a sua gestão no clube.
    Cobrar agora ao clube é incoerência.
    Governantes precisam pensar melhor!
    A culpa é dos governantes que permitem que maus gestores criem passivos financeiros em nome dos clubes.
    O clube é isento agora.