domingo , 24 fevereiro 2019
Home / Destaque / Integrantes do grupo político de Sérgio Carnielli tentam convencer Gilson Kleina a desistir de assumir a Ponte Preta

Integrantes do grupo político de Sérgio Carnielli tentam convencer Gilson Kleina a desistir de assumir a Ponte Preta

Antes dada como certa, a contratação de Gilson Kleina, apesar da tendência de final feliz, encontra obstáculos na Ponte Preta. Além da questão referente ao curso da CBF em que o treinador pretende frequentar, a crise política vivida na agremiação entrou em campo e “contaminou” o processo de negociação.

A reportagem do Só Dérbi apurou que três integrantes ou admiradores do grupo político do presidente de honra Sérgio Carnielli, entraram em contato com o treinador e tentaram demove-lo a aceitar o convite. O argumento encaminhado é que a Macaca não teria condições de cumprir os compromissos financeiros da atual temporada e que diante disso o melhor seria desistir do negócio.

Apesar disso, os dirigentes pontepretanos, em especial o presidente José Armando Abdalla Junior, ainda estão confiantes em um acerto. O principal motivo é o bom relacionamento estabelecido com Gilson Kleina em sua passagem anterior, quando o empate sem gols com o Avaí impediu o acesso pontepretano.

Além disso, a questão financeira já estaria resolvida e seria apenas uma questão de horas para anunciar o novo nome. Caso Kleina não acerte, nomes como Thiago Larghi, Wanderlei Luxemburgo e Guto Ferreira são cogitados para o acerto.

Um dos líderes do grupo político de Sérgio Carnielli, o ex-vereador e ex-deputado estadual Sebastião Arcanjo afirmou que Carnielli jamais interferiu no atual processo de negociação de Gilson Kleina com a Macaca. O empresário do treinador, Hugo Carvalho, afirmou que não poderia dizer nada sobre o processo de negociação.

(texto e reportagem: Elias Aredes Junior)

Veja Também

A responsabilidade dos jogadores pontepretanos: dois jogos com cara de decisão e que podem determinar o restante do ano

Os jogadores da Ponte Preta talvez não estejam sintonizados na realidade, mas nos próximos dias ...

2 Comentários

  1. Vcs tão falando de Gilson Kleina hj, enquanto o mundo do futebol tá vivendo uma tragédia?
    E que poderia ter acontecido em qualquer uma dos dois times de Campinas, já que, se o Flamengo (que investiu 17 milhões de reais em 2018 ou 17) sofreu essa possível fatalidade, imagina como são as estruturas pelas bandas e Campinas…

  2. Quero aqui agradecer ao Só Dérbi e em especial ao Elias Aredes, por nos informar, de forma de fácil entendimento, o que ocorre na Ponte Preta. Quando citas os nomes, e a tendência daqueles que trabalham contra a atual diretoria, da pra entender porque estamos nessa situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *