Juíza do Trabalho determina formação de grupo de trabalho para tirar novo estádio e CT do Guarani do papel

0
1.580 views

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira no auditório do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região de Campinas, a juíza Ana Cláudia Torres Vianna decidiu-se pela instalação de um grupo de trabalho para definir prazos e ritos em relação a construção dos equipamentos ao Guarani previstos na sentença emitida em 2015.

Quando foi lavrada a sentença, o empresário Roberto Graziano teve a garantia de posse do estádio Brinco de Ouro e em troca além de quitação das dividas trabalhistas ficou com a obrigação de construir um novo estádio, um Centro de Treinamento e uma sede social para a agremiação.

Para colocar as exigências em prática, o grupo de trabalho terá a presença de integrantes do Conselho de Administração, Conselho Deliberativo, Comissão Imobiliária, ex-dirigentes como o ex-presidente Horley Senna, além própria juíza. A intenção é também convocar membros do poder executivo municipal e da Câmara de Vereadores. O empresário Roberto Graziano também fará parte do grupo.

O grupo deverá reunir-se nos primeiros meses de 2019 e sua tarefa será a de receber informações da Comissão Imobiliária formada pelo Guarani para decidir quais rumos serão adotados. A Juiza, entretanto, deixou claro que entende que as obras são complexas e que demandam tempo para transformá-las em realidade.

(Texto e reportagem: Elias Aredes Junior- foto arquivo-TRT15)

Deixe Um Comentário