Passado positivo do atleta e presente incerto da zaga explicam o sonho de repatriar Luiz Gustavo ao Guarani

0
292 views

Foram 23 jogos disputados durante a Série B de 2019. Em boa parte do tempo, durante o segundo turno e sob o comando de Tiago Carpini.

Inegável que o zagueiro Luiz Gustavo deixou boa impressão no Guarani e na sua torcida. Teve uma lesão séria no Cuiabá e iniciou período de recuperação no estádio Brinco de Ouro.

Prato cheio para criar esperança e expectativa.

Daniel Paulista tratou de jogar um balde de água gelada. “O Luiz Gustavo, pelo bom relacionamento que tem com o Guarani, por já ter tido uma boa passagem aqui, está em um momento final de recuperação, fase final de uma lesão que ele esteve. Está treinando, somente isso, com o clube. No momento, é o que a gente tem a dizer sobre esse atleta”, afirmou o técnico bugrino em declaração ao portal Globo Esporte.com,

Qual o motivo do fetiche?

Em primeiro lugar por mérito de Luiz Gustavo. Rápido, boa colocação e com liderança faz o contraponto a lentidão e dos beques atuais.

Tenha certeza: se a zaga estivesse com o seu papel adequado na atualidade, Luiz Gustavo seria apenas um visitante bem recebido e não um motivo de esperança para a reta final da Série B.

(Elias Aredes Junior-Foto de Leticia Martins-Guarani Futebol Clube-2019)