Thiago Carpini assume o comando do Guarani e já faz o certo é óbvio. Por que ninguém enxergou antes?

4
1.493 views

Percebam como o futebol é feito de detalhes. Pequenos gestos explicam fatos com consequências profundas e danosas. Thiago Carpini assumiu o time profissional após a demissão do técnico Roberto Fonseca e de toda cúpula do departamento de futebol profissional.

E no primeiro treinamento realizado na tarde de quinta-feira, foi dada uma prova de que, no mínimo, existiu uma distorção de conceitos na definição do time titular por parte dos últimos treinadores. O time treinou com: Klever, Bruno Souza, Bruno Lima, Diego Giaretta e Bidu; Deivid, Igor Henrique, Arthur Rezende e Bady;  Davó e Michel Douglas.

De uma tacada só perderam posição o zagueiro Ferreira, o atacante Vitor Feijão e pela primeira vez Bidu, revelação da Copa São Paulo ganha uma oportunidade. Nada de improvisações.  Porque tamanha demora para ver o óbvio?

Thiago Carpini não só fez a sua tarefa como demonstrou que faltou uma discussão melhor e mais qualificada internamente sobre os problemas da equipe. Talvez se isso acontecesse, muitos desses problemas seriam evitados e o Guarani talvez nem estivesse lutando contra o rebaixamento, apesar das limitações da maioria dos jogadores. Ás vezes fazer o simples é mais coerente.

(Elias Aredes Junior)

4 Comentários

  1. Só nisso o time já tem outra cara…
    to torcendo pra não fecharem com ngm até ele jogar no domingo…
    Se o time for bem, mantem…
    Louzer já provou que pode dar certo…

Deixe Um Comentário