Uma conversa necessária (e indigesta!) sobre a Ponte Preta na Série B

0
1.372 views

Jogo da Ponte Preta é sinônimo de intensidade. Os 90 minutos vão muito além. O dia anterior, o periodo seguinte, a semana que avança. Um resultado é consumido e digerido de diversas formas. Especialmente as derrotas. Foi quando tive a chance de presenciar uma conversa entre dois torcedores pontepretanos. Estava ao lado de um deles. Generoso, ele deixou o telefone no sistema de viva voz. E deu para entender cada sílaba e sentimento vivido por esses que carregar a dor, a delicia e a alma de serem pontepretanos.

(toca o telefone)

-Alô?

– Opa!

– Tudo bem?

– Saudações pontepretanas!

– Saudar o que meu irmão? Tá tudo ruim. Outra derrota. Nova decepção.

– Pois é. Talvez se colocassem o Fuminho, que é meu vizinho, desse mais solução

– É, tem razão. Duro é não vejo esperança. Já tô separando o dinheiro para pagar aquele streming de nome complicado…

– Como chama mesmo?

– É Dazone, Davone…sei lá

– Ah pouco importa o nome. Essa diretoria tá conseguindo nos levar pro fundo do poço

– Se 16ª posição é fundo do poço, o rebaixamento é o que? Purgatório?

– Ás vezes eu acho que você é muito pessimista. Ok, tudo bem…o quadro não é bom, existe preocupação, mas veja…nem tudo é desastroso

– O que? Eu entendi bem

– É isso mesmo. Veja por outro lado. Essa atual administração fez acordo com a Justiça Trabalhista, reformou os alojamentos das categorias de base, foi campeão da Série A-2

– Depois de ter sido rebaixado na Série A-1…

– Tá bom, tá bom…Mas ganhou um titulo…

– Tá, sei

– Veja só…Neste ano a Ponte Preta foi pela primeira vez campeã em seu estádio, poxa, lembre da festa da torcida…

– Que vai virar lamento no final de ano

– Ei meu, você só vê o lado negativo…Para de jogar para baixo. Você não viu o pedido do Brigatti ontem? Otimismo, otimismo, para cima meu

– Deixa te perguntar: Você torce para Ponte?

– Ficou louco? Tá zuado? Aqui é Macaco pô

– Olha aqui, é não querer te ofender não. Mas tu tá parecendo torcedor de dirigente. Esses argumentos é de cartola. Eu sou torcedor, velhinho. Torcedor! Eu quero a nega véia lá em cima. Nas cabeças! Pouco importa se o comandante é o Marco, Sebastião, o Zé, o Vanderlei, o Sérgio…Quero a Macaca lá em cima! E acima dos irmãos lá de baixo…e daí que fizeram isso, aquilo…O time tá uma caca, vai cair!!! E eu lá quero saber do passado…Eu quero um presente legal e um futuro tranquilo

– Epa! Espera aí! Espera aí! Injustiça! Injustiça! Tu já esqueceu das dividas deixadas pelos presidentes anteriores? Os bloqueios do transferban? A penhora do estádio Moisés Lucarelli? Você quer que o Eberlin faça milagre? Que ele tire um coelho da cartola?

– Quero! Quero sim! Para ontem

– Ih, endoideceu…

Não fiquei louco…Sou coerente. Coerente. Quando eles estavam lá foram eles arrebentavam com quem mandava. Que também era lástima. Um bando de nariz empinado que queria colocar cheiro de grã fino na Macaca. Tá louco…Mas espera ae…Se eles metiam o pau quando estavam do lado de fora porque eu não posso como torcedor fazer a mesma coisa? Tudo bem, eu comi carne de segunda nos últimos anos…Em alguns periodos até tivemos que nos contentar só com arroz…Agora, sopa de osso não dá meu chapa…Por que Série C é sopa de osso!

– (Respira fundo)- Não tem jeito você é o apocalipse em forma de gente

– Nada disso. Pontepretano é sinônimo de esperança. De que tudo vai melhorar. Mas os caras precisam ajudar, né!?

– Bem, preciso voltar a trabalhar. Valeu. Até o próximo jogo. Te espero no Majestoso.

– Valeu. Até lá. Porque a gente não desiste. Nunca!!!

(Elias Aredes Junior com foto de Marcos Ribolli-Pontepress)