Walter Paradella, uma testemunha ocular da genialidade de Pelé nos gramados

0
179 views

Walter Paradella é uma testemunha da história do futebol campineiro. Homem do rádio, exerceu todas as funções no veículo de comunicação. Empunhou diversos microfones na cidade. Nunca escondeu sua paixão pelo Guarani. Algo que vem de família. Seu pai foi atleta do clube.

Falar de Pelé para ele é recordar o início de sua trajetória no Rádio esportivo, em meados da década de 1960. É a oportunidade de relembrar lances e peripécias deste que foi o maior jogador de futebol de todos os tempos.

Nesta entrevista ao Só Dérbi ele recorda o jogador santista dentro do gramado. Apesar do Guarani ter tomado 41 gols do Rei do Futebol, algo não sai de sua cabeça: o dia 18 de novembro de 1964, quando o Guarani venceu o Santos por 5 a 1. Com Pelé e tudo.

O Alviverde ainda sofreu os dois últimos gols de Pelé como profissional, no dia 22 de setembro de 1974, no estádio Brinco de Ouro. As duas equipes empataram por 2 a 2.

Para Paradella, recordar sempre é bom. Se o foco for em Pelé, melhor ainda.

(Elias Aredes Junior)

 

Confira a entrevista logo abaixo: