Vasco 4 x 1 Guarani: falhas e desencontros em uma noite para esquecer

0
592 views

Em uma partida com péssimo desempenho defensivo, o Guarani perdeu do Vasco por 4 a 1 em jogo realizado na noite deste sábado em São Januário e válido pela Série B. O resultado deixou o Alviverde com 23 pontos e ainda na zona de classificação. A reabilitação será buscada no sábado pela manhã contra o Vila Nova, no Brinco de Ouro.

Imprevistos e lesões fizeram com que o técnico Daniel Paulista modificasse profundamente a equipe. Pablo foi para a lateral direita em virtude de uma lesão muscular do titular Diogo Matheus enquanto que no ataque Matheus Souza ganhou uma chance diante da suspensão de Julio César e o fato de Allan Victor ter sido dispensado para resolver problemas particulares.

Os fatos não tiraram o ímpeto bugrino. Pelo contrário. O volume de jogo era o mesmo de partidas anteriores. Só que faltava um requisito fundamental: eficiência. As conclusões não se convertiam em gols e o primeiro castigo veio aos 08min. Gabriel Mesquita executou uma saída de gol errada, Jabá pega de primeira e manda para entrada da área. Bruno Gomes desviou, Tití errou no bote e Marquinhos Gabriel ficou livre para balançar as redes.

O gol não abalou o Guarani. Pelo contrário. Régis ditava o ritmo e exigia do goleiro Vanderlei, autor de defesas importantes. Mas o roteiro teimava em continuar: muito volume de jogo e pouca efetividade. Resultado: aos 28min, Jabá foi derrubado dentro da área pelo zagueiro Thales. Cano cobrou o pênalti e ampliou.

O segundo tempo representou uma mudança de postura por parte do Vasco da Gama. Mais ousado e com ânsia de controlar a bola enquanto que o Guarani abusava das faltas na zona intermediaria. O anfitrião, por sua vez, incomodava Gabriel Mesquita e tudo parecia centralizado nos pés do camisa 78. Uma ultima tentativa ocorreu aos 22min com a saída do zagueiro Tití, o recuo de Bruno Silva e Lucão do Break como centroavante sendo abastecido por Andrigo e Régis.

Nem deu tempo para testar. Aos 23min, o levantamento foi feito e Bruno Silva tentou se antecipar a Cano e cabeceou para as próprias redes: 3 a 0.

De tanto insistir, aos 36min, o Guarani diminuiu. Após escanteio, Lucão do Break cabeceou para as redes. Mas já era tarde. Tanbto que aos 41min, Léo Jabá saiu em disparada e deu números finais a partida.

(Elias Aredes Junior- Com foto de Thomaz Marostegan-Guarani F.C)