domingo , 18 novembro 2018
Home / Destaque / Apesar de fora de forma, Marcão quer ajudar Louzer no Guarani

Apesar de fora de forma, Marcão quer ajudar Louzer no Guarani

O fato de não participar de um jogo oficial desde 28 de março parece não ser um empecilho para Marcão. Contratado pelo Guarani no início de julho, o centroavante já se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para enfrentar o Figueirense, na próxima terça-feira, no Brinco de Ouro.

“Estou treinando há 10 dias no clube. Ainda não estou 100%, mas se o professor precisar de mim vou estar pronto para ajudar. Tenho que respeitar meus colegas de trabalho e vou brigar pelo meu espaço. Agora, o desafio é me adaptar ao esquema tático da equipe”, explicou, durante entrevista de apresentação.

Apesar da fama de carrasco – entre 2008 e 2010, balançou as redes do Bugre em seis oportunidades -, o jogador de 32 anos garantiu que o torcedor, a partir de agora, terá momentos de alegria.

“Joguei muitas vezes contra o Guarani e fiz vários gols. Agora, estou do outro lado e o que fiz contra posso fazer a favor. Tenho certeza que serei muito feliz e vou corresponder todas as expectativas. Vestir essa camisa é motivo de muita honra. Agradeço a diretoria pela confiança e a todos os companheiros pela acolhida. Vou dar a vida por esse clube”, garantiu.

Colecionador de acessos com Atlético-GO e Atlético-PR, Marcão garantiu que a experiência adquirida no futebol brasileiro pode fazer a diferença para o Alviverde buscar pelo retorno à elite. “A rodagem é importante e vou passar isso aos meus companheiros. Vim para somar e ajudar dentro e fora de campo. O que me motiva a jogar no Guarani é voltar à primeira divisão e vi isso no clube. Vim para ser vencedor. Espero ir bem para renovar meu contrato por mais alguns anos”, afirmou.

O centroavante ainda admitiu interesse de outros clubes do país antes de ser oficializado pelo time campineiro. “Tive outras proposta, mas sempre acompanhei a história do Guarani. Está na Série B, mas não é a realidade. Tinha o sonho de jogar em São Paulo e aceitei esse novo desafio. O Guarani está bastante forte e equilibrado. O time está entrosado e bem treinado”, disse.

(texto e reportagem: Lucas Rossafa/foto: Letícia Martins – Guarani Press)

Veja Também

Contas e possibilidades para a Ponte Preta na rodada do acesso na Série B

A rodada derradeira da Série B do Campeonato Brasileiro pode ser o céu ou o ...

1 Comentário

  1. Boa tarde Elias Aredes e equipe

    O que voçês acham do trabalho do Humberto Louzer, nesses quase 08 meses na frente no Guarani?

    Muito obrigado
    Ronaldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *