Boas notícias que (involuntariamente!) desviam a atenção dos pontos principais. Isso é bom ou ruim?

0
669 views

O futebol é maquina de produzir craques, idolos, mocinhos e vilões. Em tempos de alta tecnologia é um espaço para gerar imagens. E por desviar a atenção dos reais problemas. Deixo claro: é uma estratégia legitima de comunicação. Vale tudo para minimizar danos e deixar qualquer entidade em consonância com suas caracteristicas. Este esforço claramente é observado nos últimos meses na Ponte Preta.

Após a conquista da Série A-2 do Campeonato Paulista e a enorme mídia positiva construída neste periodo, a bola parou de entrar. Dentro do gramado, em nenhum momento a equipe pontepretana sonhou com o acesso, apesar da promessa de seus dirigentes. A torcida sem vinculo com as organizadas, enfurecida e inconformada, cobra uma mudança de rumo nas redes sociais.

A Diretoria Executiva, ao contrário do que muitos pensam, não ficou parada. Produz uma série de noticias para emplacar pautas positivas nos meios de comunicação e entre os torcedores. Uma hora são os resultados positivos das categorias de base. Em outros, são eventos realizados no Salão Nobre. Ou pode ser uma visita de alguma celebridade.

É errado noticiar e dar destaque? De jeito nenhum. É fato de que se o time estivesse na briga pelo acesso, se craques estivessem como destaques da Série B, certamente a Diretoria Executiva certamente pautaria outros temas para serem consumidos pelos torcedores.

Não é pecado. É apenas uma tática de sobrevivência. Porque se bobear, o futebol te engole. Sem perdão. 

(Artigo escrito por Elias Aredes Junior-foto de Diego Almeida-Pontepress)