quarta-feira , 14 novembro 2018
Home / Destaque / Guarani cai de produção no segundo tempo e perde para o lanterna Boa Esporte na Série B

Guarani cai de produção no segundo tempo e perde para o lanterna Boa Esporte na Série B

Com queda brutal de rendimento no segundo tempo, o Guarani perdeu de virada para o Boa Esporte por 2 a 1 em jogo realizado neste sábado á tarde em Varginha. A derrota extermina as chances bugrinas de acesso, pois o time está com 45 pontos e e a seis pontos do CSA, ultimo integrante do grupo de classificação. O próximo desafio será sábado, às 16h30, contra o Oeste, no Brinco de Ouro, em Campinas.

Poucos minutos foram suficientes para exibir as virtudes e os defeitos do Guarani na Série B do Brasileirão. Logo aos 02min, Matheus Anjos cobrou escanteio, Bruno Mendes antecipou-se aos zagueiros e inaugurou o placar. Comemoração inócua. Aos 04min, Alyson passou por Phillipe Maia e chutou cruzado, para a bola chegar aos pés de Hélder e que deixou tudo igual.

Dois estilos ficaram estabelecidos. O Guarani buscava a aproximação entre os componentes do setor do meio-campo para trabalhar a bola e que tinha Romário em uma de suas principais peças, porque colocava-se na lateral para as triangulações. O time mineiro limitava-se ao contra-ataque e explorar as falhas de marcação de Kevin e Phillipe Maia.

Tanta disputa e equilíbrio na marcação não gerava lances de emoção e fez com que o único lance emocionante surgisse aos 45 minutos, quando Bruno Mendes tentou a conclusão e foi interceptado pela zaga.

O time mineiro voltou melhor na segunda etapa. Com jogadas de força e velocidade, o Boa Esporte deixou o Alviverde em péssima situação. Aos 04min, o volante Thallyson surgiu na direita e cruzou forte para dentro da área; Alyson cabeceou e Agenor defendeu. Quatro minutos depois, Alyson passou por Kevin e deu assistência para Manoel, autor de um chute que saiu para o lado externo da rede.

Sem perder tempo, o técnico Umberto Louzer tratou de mudar a armação ofensiva com as saídas dos atacantes Bruno Mendes e Marcão e as entradas de Felipe Rodrigues e Gabriel Poveda. O efeito foi imediato, pois aos 18min, após cobrança de escanteio, a bola ficou dentro da área para Felipe Rodrigues e o chute forte parou no goleiro Fabrício. Na sequência, Phillipe Maia cabeceou com perigo.

Tudo não passou de miragem. Aos 28min, o levantamento foi executado e Manoel cabeceou para dar números finais a partida. (crônica de autoria de Elias Aredes Junior)

 

FICHA DO JOGO

BOA ESPORTE

Fabrício;Helder (Maycon), Rodrigão, Rafael Jensen e Alyson; Machado (Douglas Baggio), Thallyson (PH), Clove s e Bruno Tubarão; Manoel e Daniel Cruz. Técnico: Tuca Guimarães

GUARANI

Agenor, Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Romário; Willian Oliveira, Ricardinho, Matheus Anjos e Matheus Oliveira (Caíque); Bruno Mendes (Felipe Rodrigues) e Marcão (Gabriel Poveda). Técnico: Umberto Louzer

 

Gols: Bruno Mendes aos 02min e Hélder aos 04 minutos do primeiro tempo; Manoel aos 28 minutos do segundo tempo.

Renda e Público: não divulgados

Cartões Amarelos: Douglas Baggio, Bruno Tubarão e William Oliveira

Juiz: Andrey da Silva E Silva

Local: Estádio Dilzon Mello, em Varginha

Veja Também

O Guarani parece que não tem interesse em conhecer o seu torcedor. Uma lástima!

De maneira eficiente perspicaz, Marcos Ortiz, responsável pelo site Planeta Guarani, divulgou durante toda a ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *