Osmar Loss, insensibilidade e teorias da conspiração. É o novo futebol brasileiro

2
401 views

O técnico Osmar Loss tem justificado que o fechamento dos portões nos treinos do Guarani são relativos a privacidade. Precisa repreender um jogador e que as vezes isso pode ser interpretado de maneira errônea pela imprensa e virar manchete.

Lamento. Vou além: tenho pena de Osmar Loss. Deve ser duro viver e trabalhar desconfiando de tudo e de todos. Vislumbrar Teoria da Conspiração em cada canto do estádio Brinco de Ouro. Considerar-se acuado e pronto para ser engolido pelo inimigo oculto.

CONTINUA APÓS A PROPAGANDA

Sua atitude demonstra a perda de afeto no futebol. Lembro no início da minha carreira, em 1995 ou 1996, em que técnicos como Carbone, Carlos Alberto Silva e até o sistemático Cilinho não só abriam os treinos como tinham uma relação amistosa com os jornalistas. Conversavam sobre o jogo bola, mas também sobre a vida, aquilo que pretendiam em médio e longo prazo com a equipe.

Não, jornalista não é parceiro de treinador. Ele deve sim fazer um julgamento justo do trabalho da Comissão Técnica. E abrir os treinos não é ato de bondade. É um instrumento para que profissional de imprensa chegue a conclusão mais adequada possível.

O “moderninho” de plantão pode alegar: ah, mas na Europa todo mundo faz treino fechado. Eu respondo: e daí? Por que esse complexo de vira latas? Porque tenho que seguir os padrões dos outros?

Alguns podem alegar que o método profissional de Loss. Pode ser. Só que existe algo mais profundo. É a prova cabal de que a fase do futebol de antigamente, em que você nutria relações fraternas acabou. Loss e todos da nova geração transmitem a sensação de que os atletas são robôs que cumprem ordens e nós, jornalistas, somos inimigos, que podemos transmitir um vírus letal no futebol: a verdade. Triste.

(análise feita por Elias Aredes Junior)

2 Comentários

  1. Deixa o cara trabalhar, se ele treina de portão fechado, ele treina de portão fechado, assim como nas mais diversas áreas, profissionais tem suas preferencias na maneira de trabalhar.

    Dificulta o trabalho da imprensa? Claro que dificulta, mas quem disse que seria fácil o trabalho?!
    É ruim pro torcedor por não ter tanta informação dos treinos? É, mas tem que acostumar, se estiver dando resultado, e acima de tudo, conseguindo aplicar um conceito de jogar, então que deixe.

    Mas tbm entendo quem discorda da maneira de trabalhar dele… afinal, quem não quer saber como estão os treinamentos, o que vem sendo treinado, quem vem treinando, como está jogador X que ta vindo de lesão…

Deixe Um Comentário