sábado , 15 dezembro 2018
Home / Destaque / Ponte Preta vence Coritiba, assume vice liderança e fica próxima do acesso á divisão de elite

Ponte Preta vence Coritiba, assume vice liderança e fica próxima do acesso á divisão de elite

Estádio lotado, entrega no gramado e uma dose de dramaticidade foram alguns dos ingredientes existentes na vitória da Ponte Preta sobre o Coritiba por 2 a 0, em jogo realizado nesta terça-feira no estádio Moisés Lucarelli e válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado deixou a alvinegra campineira provisoriamente na vice liderança com 59 pontos. A Macaca decidirá o seu acesso no dia 24, contra o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. A Ponte Preta não contará na oportunidade com João Vitor, suspenso.

Dramaturgo e amante do futebol, Nelson Rodrigues dizia que até para tomar um sorvete ou atravessar a rua é preciso de uma pitada de sorte. Essa frase aplica-se com perfeição a Ponte Preta. Luta, garra e determinação e entrega seriam inúteis sem um empurrão do destino, ocorrido logo aos quatro minutos. Após disputa de bola na área pontepretana, Ruan saiu em disparada e ganhou na corrida de William Matheus; o lateral efetuou o cruzamento e Leandro Silva tocou para as próprias redes.

O gol produziu o cenário de sempre. A Ponte Preta, recuada, com marcação forte e na espera do contra-ataque. O adversário em busca desesperada de uma brecha no paredão armado liderado por Renan Fonseca.

O diferencial precisava aparecer e surgiu aos 38min. Matheus Vargas recebeu a bola no meio campo e lançou em profundidade para Junior Santos, rápido no domínio e no arremate certeiro: 2 a 0.

A etapa decisiva desnudou uma Ponte Preta afobada e ansiosa e capaz de abrir espaço ao oponente, que ameaçou com arremates de média distância com Chiquinho e que obrigou o goleiro Ivan trabalhar.

Os lances de tensão não desapareceram. Aos 13min, o volante João Vitor executou entrada violenta em Matheus Bueno e foi expulso. A partir daí, os cuidados defensivos viraram prioridade e mesmo assim foi possível ameaçar, como cobrança perigosa de falta de Danilo Barcelos e defendida por Rafael Martins. (crônica de Elias Aredes Junior\Foto de Fábio Leoni-Pontepress)

 

FICHA DO JOGO

PONTE PRETA

Ivan; Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; João Vitor, Lucas Mineiro e Matheus Vargas(Roberto); Victor Rangel (Nathan), André Luis (Hyuri) e Júnior Santos. Técnico: Gilson Kleina.

CORITIBA

Rafael Martins; Leandro Silva, Alan Costa, Rafael Lima e William Matheus; Vitor Carvalho, Simião (Guilherme), Matheus Bueno (Jonathas Belusso) e Chiquinho (Nathan); Guilherme Parede e Alecsandro.

Técnico: Argel Fucks.

Gols: Leandro Silva aos 04 minutos e Junior Santos aos 38 minutos do primeiro tempo

Renda: 131.560

Público: 11684 (10.814 pagantes)

Cartões Amarelos: Nathan, Rafael Lima,

Cartões Vermelhos: João Vitor

Juiz: Ricardo Marques Ribeiro

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas

Veja Também

Uma pergunta que não quer calar: Abdalla administra para Ponte Preta ou Vanderlei Pereira? Entenda os motivos.

Na atual temporada, a Ponte Preta viveu um constante terremoto político. Sérgio Carnielli entrou em ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *