Análise: Guarani anuncia oficialmente punição para Rodrigo Andrade e Bidu. Staff do futebol profissional sai fortalecido do episódio? Leia e entenda

0
336 views

A diretoria do Guarani anunciou oficialmente nesta terça-feira a sua decisão de multar e exigir a doação de cestas básicas por parte do volante Rodrigo Andrade e do lateral-esquerdo Bidu, que se envolveram em uma briga logo após o apito final do jogo em que o Guarani venceu o Novorizontino por 2 a 1.

Medida acertada. Pode ser amargo aos atletas, mas em um esquema profissional como o futebol não dá para tolerar atos de indisciplina. Dois personagens são fortalecidos indiretamente com essa decisão final.

O primeiro é o superintendente de futebol, Michel Alves, que com tal providência dá o aviso claro de que excessos não serão tolerados. Talvez isso produza até uma melhoria da disciplina no dia a dia.

O técnico Allan Aal também fica aliviado. Ganha respaldo para continuar com seu trabalho e ainda ganha uma retaguarda. Os atletas sabem que, apesar das dificuldades financeiras e a infraestrutura que muitas vezes não é a ideal, o Guarani não é a casa da mãe Joana. Tudo foi colocado no seu devido lugar.

Um entrave não é resolvido: a atitude dos dois brigões produziu desfalques sensíveis para o dérbi. Pelo menos a equipe vai para o jogo com a casa em ordem.

(Elias Aredes Junior-foto Thomaz Marostegan-Guaranipress)